Juruá apresenta nível atípico para época do ano

Rio Branco – No mesmo período em anos anteriores o nível do rio já se apresentava mais baixo.

Ainda com muitas chuvas, o mês de julho em 2013 vem mostrando diferença dos anos anteriores. Fato atípico que chega a preocupar pessoas mais experientes, que buscam uma explicação para a mudança brusca do clima nos últimos anos.

“ Eu navego nesse rio já faz muito tempo, e nessa época normalmente ele já está bem seco, no ano passado por exemplo já tinha praia. Mas nesses últimos anos é assim, tudo confuso, chove quando deveria fazer verão, faz verão na época do inverno” falou o catraieiro José Souza.

O Rio Juruá apresentava um nível de oito metros no mesmo mês no ano passado. Neste ano a medição não está sendo realizada devido a régua que ficava situada no rio ter sido retirada pela força da água, mas pela experiência dos profissionais do Corpo de Bombeiros e pelos relatos da população, o Rio Juruá este ano ainda está acima da média esperada para o período.

A calha do rio está possibilitando a navegação de embarcações de médio e grande porte, o que não é possível durante a seca. Um dos mais conhecidos afluentes do Juruá, o Rio Môa encontra-se com suas praias cobertas.

Segundo o tenente Clodoaldo, do Copo de Bombeiros, na semana passada foi registrada uma enchente no Rio Juruá.

“ Esse é um fato atípico para esse período, normalmente o rio começa a reduzir o nível no mês de junho, e já estamos na metade do mês de julho e ainda temos praias cobertas pelas águas”, explicou o tenente.

A instalação de uma nova régua para realizar a medição do nível do rio está prevista para essa semana, pois apenas a Defesa Civil pode realizar a montagem.

Em Rio Branco(AC) a situação do Rio Acre preocupa a Defesa Civil, em apenas três dias, o Rio Acre baixou 45 cm. Na última sexta (12) ele apresentava 3,21 metros. Já na medição realizada segunda-feira (15) registrou a marca de 2,76 metros.De acordo com o coronel Carlos Gondim, coordenador da Defesa Civil Estadual, o número é significativo e gera preocupação.

(Tribuna do Juruá – Vanisia Nery) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.