Jogador do Vasco  deixa  gramado do Mane Garrincha desacordado em ambulância após choque com Luiz Gustavo no jogo Vasco x Flamengo

Jogador do Vasco  deixa  gramado do Mane Garrincha desacordado em ambulância após choque com Luiz Gustavo no jogo Vasco x Flamengo

O jogador vascaíno chegou a ficar desacordado, deixou o gramado imobilizado e foi encaminhado para clínica. Hipótese de lesão cervical, a princípio, está descartada. P Jogo ficou empatado em 1 a 1.

Basilia – Um lance causou apreensão no empate por 1 a 1 entre Vasco e Flamengo. Aos 27 minutos do 2° tempo, o volante Bruno Silva, do Cruz-Maltino, chegou a ficar desacordado após um violento choque com o companheiro de time Luiz Gustavo.

O jogador de 30 anos precisou ser imobilizado e deixou o gramado de ambulância direto para uma clínica particular em Brasília, especializada em ortopedia. O defensor sequer parou no posto médico do Mané Garrincha. Os primeiros exames feitos pelo jogador foram animadores.

A tomografia de crânio e cervical realizada em Bruno Silva não apontou alterações. Com isso, a hipótese de lesão cervical, está descartada. Esta era a maior preocupação dos médicos. O diagnóstico inicial é de concussão cerebral.

O jogador, no entanto, não retornará ao Rio com a delegação, na madrugada deste domingo. Ele ficará em observação na clínica em Brasília até domingo. O médico Marcos Teixeira ficará com ele.

– O atleta Bruno Silva sofreu uma concussão com perda da consciência, evoluindo com intensa cefaleia e dor na perna esquerda. Foram feitos diversos exames, entre eles tomografia computadorizada, e está descartada qualquer lesão.

Permaneceu a noite, em Brasília, em observação hospitalar, acompanhado por mim. Provavelmente terá alta neste domingo – afirmou o médico Marcos Teixeira ao site oficial do Vasco.

O choque

No choque, o volante foi atingido no rosto pelo ombro do zagueiro. Na queda, bateu com a cabeça no chão. Na sequência, Luiz Gustavo ainda caiu sobre Bruno. Cientes da gravidade, árbitros e jogadores rapidamente pediram atendimento médico.

Bruno Silva chegou a ficar desacordado no gramado. Instantes depois, despertou. Ele foi imboilizado e deixou o campo de ambulância. O volante foi encaminhado a um hospital da região. Aos médicos, Bruno se queixou de dores na cabeça, no pescoço e na perna direita.

Jogadores empurram ambulância

Na saída do campo, jogadores ajudam empurrando a ambulância

Na saída do veículo, uma situação inusitada. A ambulância não conseguia se locomover e precisou ser empurrada por jogadores para “pegar no tranco” e deixar o gramado.

– É a primeira vez (que empurra ambulância na carreira), cena lamentável. Achei até que o motorista estava de brincadeira (risos), mas ele disse que tinha desligado, não pegou, e ele pediu nossa ajuda.

Felizmente a gente conseguiu empurrar um pouquinho, ele conseguiu fazer com que a ambulância pegasse no tranco para socorrer o Bruno. Espero que tenha dado tempo de atendê-lo e que ele fique bem o quanto antes – disse o zagueiro Réver, um dos que empurraram o veículo.

Amazzoninarede-GE

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.