Jacqueline Amorim e Bibiano também são de ouro

A “arte suave” amazonense novamente está no topo do mundo. Nesta sexta-feira, 31 de maio, a manauara Jacqueline Amorim conquistou o Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu, em Long Beach, na Califórnia, Estados Unidos. Para disputar a competição, a atleta recebeu a passagem aérea do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

Em perfil no Facebook, a lutadora da equipe Checkmat falou sobre seu desempenho na competição que é a mais importante do cenário internacional do jiu-jítsu. “Venci quatro lutas, sendo três por finalização. Estou muito feliz”, disse ela, destacando o papel de seus familiares, patrocinadores, equipe e amigos na conquista histórica na terra do presidente Barack Obama.

NA MÍDIA NACIONAL

Segundo a revista especializada “Gracie Magazine”, Jacqueline Amorim é mais um dos maiores talentos que apareceram em Manaus nos últimos anos. Aluna do professor Henrique Machado, que formou Ronaldo Jacaré (lutador do UFC), ela conquistou o WPJJC em Abu Dhabi lutando entre as adultas.

Após papar os títulos de campeã brasileira no peso e no absoluto, Rio Open no peso e no absoluto, a atleta peso médio foi merecidamente graduada a faixa-roxa.

BIBIANO FERNANDES É O NOVO CAMPEÃO INTERINO DOS GALOS DO ONE FC

O lutador amazonense Bibiano Fernandes conquistou, nesta sexta-feira, 31 de maio, o cinturão dos galos do evento One FC, que aconteceu em Pasay City, nas Filipinas. O manauara, que também detém o título da categoria no Dream, derrotou Koetsu Okazaki por decisão unânime, e emplacou sua sexta vitória seguida. Bibiano Fernandes faz parte do time de campeões apoiados pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

Apesar do amplo domínio do brasileiro no solo, a luta durou os cinco rounds. Bibiano, que tem 14 vitórias e apenas três derrotas na carreira, tentou finalizar o japonês várias vezes, mas não teve sucesso. O bicampeão mundial de jiu-jítsu chegou a encaixar um mata-leão no adversário, ainda no primeiro assalto, mas o golpe não ficou bem ajustado e Okazaki conseguiu se livrar. A superioridade do manauara foi nítida, mesmo o oponente tendo conseguido algumas boas raspagens durante o combate.

Agora, Bibiano aguarda uma chance para enfrentar o campeão linear do peso galo, o sul-coreano Soo Chul Kim, que tem um modesto cartel de sete vitórias e quatro derrotas.

(Sejel) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.