Já estão em vigor as novas regras para moto-taxistas e moto-boys

Amazonianarede – Agências

Brasília – Com muitos pontos polêmicos e protestos em várias cidades brasileiras, especialmente nas capitais, já estão valendo as novas regras para os moto-taxistas s e moto-boys exercerem a profissão.

A partir de agora, a turma das motos serão obrigados a utilizar equipamentos de segurança e outros requesito serão obrigatórios, como: placa na cor vermelha, entre outros itens, mas o ponto mais polêmico é o curso obrigatório. Sem esse curso e o uso de uma série de equipamentos, esses profissionais cometerão, segundo a lei, infração grave (5 pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 127,69).

Na prática, cabe aos Detrans estaduais estados definir quando as autuações começam a ser feitas.

CURSO OBRIGATÓRIO

Com 50 horas-aula, sendo cinco delas de prática, o curso obrigatório para quem faz entregas ou transporta passageiros em moto é ministrado por órgãos autorizados pelo Detran. Pode ser gratuito ou pago: a decisão é dos estados e municípios. Parte da carga horária pode ser cumprida à distância.

No estado de São Paulo, o Detran diz que cerca de 21 mil profissionais já fizeram o curso. O sindicato da categoria estima que este número seja maior, de 36 mil, somente na capital paulista. Mas ele ainda é muito inferior aos 500 mil motoboys e mototaxistas que existem no estado, sendo 200 mil na capital, também de acordo com o Sindimoto.

A lei federal de 2009, regulamentada em 2010, já devia ter entrado em vigor em agosto do ano passado, mas foi adiada justamente pela falta de locais autorizados para dar as aulas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.