Ironia pura

Obras – Tem gente nos bastidores da política ironizando as inaugurações que o prefeito Arthur Neto vem realizando em tão pouco tempo de administração.

Um dos ex-assessores de Amazonino, que eu não falo o nome de jeito nenhum, diz que o slogan da prefeitura atual deveria ser: “Administração Amazonino Mendes, quatro anos e cem dias”. Quanta maldade, mas será que tem alguma coisa a ver?

Ridículo – Perdi alguns minutos hoje, para ver o tal “Programa Livre”, dos irmãos Souza, pela TV Em Tempo. Policialesco, assistencialista, sem a menor qualidade e onde o arrogante deputado-apresentador, Fausto Souza, consegue assassinar a língua portuguesa a cada frase que pronuncia. É a prova de que os caras vão tentar de tudo para continuar com seus mandatos, pois sem eles, vão trocar seus gabinetes por celas apertadas no sistema prisional. O povo é quem decide.

Corruptos livres – Um dos jornais de Manaus traz hoje uma matéria mostrando que, no Amazonas, ninguém foi condenado por corrupção. Um desses casos foi para na Polícia Federal. Um ex-deputado estadual, conseguiu R$ 3 milhões, para construir um frigorífico no bairro da Batânia. O cara torrou a grana toda e o máximo que tem por lá é um caixote de tijolo. Um frigorífico que não tem nenhum frigobar. É brincadeira ou quer mais? Ah, o cara tá solto.

Sindicato atuante – Já passou a hora do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amazonas acionar a justiça, para impedir que pessoas sem formação e qualificação entrem nas emissoras de TV de Manaus, para apresentarem programas que de interesse jornalístico para a população não têm nenhum. O único objetivo é correr atrás do voto do cidadão, seja ao preço que for. Em vários estados brasileiros isso já é feito. Falta aqui.

Sérgio Costa
Da Redação

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.