Intromissão preocupante

Osny Araújo*

Político militante de primeira linha e que se costumou ao Poder, o ex-presidente Lula, que deverá ser guindado a condição de articulador político da bancada aliada no Congresso Nacional, tem aparecido muito em Brasília, no Planalto e ao lado da presidente Dilma Rousseff e isso, ou melhor, essa intromissão acentuada, começa a preocupar os “companheiros” e aliados do Governo.

Lula, que já teria dito meio em off que Dilma será a sua candidata à reeleição, quem sabe daqui pra lá mude ideia e resolva enfrenta-la numa disputa eleitoral, quem sabe até por partidos diferentes. Para muito, tudo vale para chegar ao Poder e aí, poderemos ter uma grande para política entre o criador e a criatura. Não esqueça de que em política tudo é possível, por isso, nau duvide muito dessa possibilidade, no momento, ainda vista como impossível.

Alias, por ser um cidadão inteligente, que sabe fazer militância e fazendo discursos com a voz rouca, mas dizendo sempre o que o povo gosta de ouvir, Lula, ex-apelido, agora também nome do ex-presidente, não precisa de partido político para ser candidato a qualquer coisa “nesse país” como ele gosta de dizer. Com o carisma que tem, basta dizer que é candidato e os adversários começarão a correr da sala para cozinha, porque sabem que terão um páreo duro pela frente. Até que me provem o contrário, o Lula ainda é o político querido do Brasil, tenha tido ou não conhecimento da existência do “mensalão.”.

O fato, é que o aparecimento constante de lula nas ações do Governo e nas articulações políticas da bancada e dos aliados, começa a gerar preocupação no Planalto, com muitos “companheiros” e aliados discordando dessa posição, vista como uma intromissão do ex-presidente, comportamento nunca visto nos seus antecessores mais recentes, que se mantiveram longe do Poder e sempre com muita discrição. Ao contrário, Lula tem participado seguidamente de eventos do Governo e às vezes a presidente Dilma chega a ser ofuscada pelo grande prestígio e carisma do ex-presidente e isso, parece que não muito legal, até porque, a dona da bola agora é ela.

De acordo com alguns importantes “companheiros” integrantes do Congresso Nacional, essa intromissão do ex-presidente, inclusive de forma muito visível nas ações do Governo, poderá ser prejudicial e com isso, gerar alguns desgaste na engrenagem. O que o ex-presidente precisa saber, é que ele será sempre bem recebido no Planalto, mas o seu tempo de “Manda-Chuva” por lá já passou, pelo menos no momento.

Mas as aparições constantes do ex-presidente não estão sendo mau vista apenas no Planalto, mas também na Prefeitura e nas ações política da Prefeitura de São Paulo e segundo “companheiros”, recentemente numa reunião na Prefeitura, com a participação do prefeito Haddad e vereadores partidários e aliados, ele passando por cima do prefeito, seu “afilhado político”, é verdade, e começou a gesticular e dar ordens aos secretários. O fato foi condenado pelos “companheiros” pelos corredores da prefeitura da cidade de São Paulo.

Com dois mandatos de presidente exercitados seguidamente, os aliados entendem que Lula deveria dar um pouco de tempo a bancada e a própria presidente e se intrometer menos no Governo e procure mudar esse comportamento, u que deverá apaziguar alguns descontentes e tudo voltará a ser como antes, até porque, ele poderá continuar funcionando como um bom conselheiro da presidência e político, mas isso, quando for solicitado. Fora isso, a ética e os bons costume pede que ele se mantenha a distância, esquecendo o que foi ontem, o todo poderoso e se mantenha no momento apenas como um ex-presidente, inteligente, carismático, querido pelo povo e nada mais.

Conselhos, sempre são bem vindos e se forem necessários, certamente que pela experiência política que tem e pelos oito anos que comandou o Brasil, nesses momentos difíceis, se for o caso, ele, naturalmente será chamado a opinar. Nada demais, o fato nesse caso passa a ser natural e isso, sem dúvida, faz bem a democracia e jamais poderá ser visto como uma intromissão.

(Postagem simultânea nos sites: Noticianahora, Amazonianarede, Tadeudesouza e blog Jornalismo Eclético).

*Osny Araújo é jornalista e analista político.
E-mail: [email protected][email protected] 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.