Instalados os Comitês de Gestão de Governança Financeira do Terra Forte

Brasília – O Comitê Gestor Nacional e o Comitê de Investimentos do Terra Forte, programa voltado à agroindustrialização de assentamentos da reforma agrária, foram instalados ,em Brasília, durante reunião com o secretário.

Ficou definido que o coordenador titular do Comitê Nacional será o presidente do Incra, Carlos Guedes de Guedes, que terá como substituto o diretor de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento, César Aldrighi. Já a coordenação do Comitê de Investimentos ficará a cargo da Fundação Banco do Brasil (FBB). No encontro, também foi aprovado o regimento interno único dos dois comitês.

De acordo com Guedes, o Comitê Gestor Nacional possui uma atuação macro para o funcionamento do Programa, que tem assegurados R$ 600 milhões, sendo R$ 300 milhões de créditos do Banco do Brasil, 150 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), R$ 20 milhões da Fundação Banco do Brasil e R$ 130 milhões dos demais parceiros (Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Incra e Conab).

Todo esse recurso deverá ser utilizado em projetos de agregação de valor à produção das áreas de reforma agrária, apoio à verticalização de cadeias produtivas dos assentamentos e criação de ferramentas de comercialização. “O Comitê Gestor Nacional tem uma atuação macro e estratégica.
Vai desde a definição de diretrizes e supervisão dos cumprimentos dos objetivos do Terra Forte até a aprovação dos critérios para seleção dos pré-projetos a serem apoiados com agroindústrias”, explica o presidente do Incra.

Desde fevereiro deste ano, está disponível no site do Incra o edital para seleção de pré-projetos para o Terra Forte. O prazo termina dia 30 de abril e a expectativa é receber em torno de 70 propostas de cooperativas e associações de produtores familiares de todo o País. “Nossas superintendências regionais estão mobilizadas na divulgação do Programa Terra Forte e cooperativas e associações de vários estados já manifestaram interesse em apresentar propostas”, informou.

Sobre o Terra Forte

Lançado em fevereiro de 2013 pela presidente Dilma Rousseff no município de Arapongas, no Paraná, o Terra Forte terá duração de 5 anos, podendo ser renovado pelo mesmo período a critério dos participantes efetivos do Programa: Incra, Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES), Fundação Banco do Brasil, Banco do Brasil (BB), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A expectativa do Terra Forte é atender aproximadamente 200 cooperativas e associações (valor médio de R$ 1,5 milhão por cooperativa) e beneficiar aproximadamente 20 mil famílias (100 famílias por cooperativa) em cinco anos.

Amazonianarede – MDA

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.