Incertezas e expectativas

23-12osmyOsny Araújo*

Inicio este comentário desejando a todos um Natal de paz e harmonia e que o ano que aguardamos com ansiedade, chegue com sucesso e nos proporcione a realização de sonhos.

O ano que estamos encerrando, foi um período complicado para o país e consequentemente para os brasileiros e para quem escolheu o Brasil para viver e trabalhar. As coisas não foram nada fáceis.

Quando o governo vai mal, o povo sofre as consequências e 2014 transcorreu dessa maneira, com o país fora dos trilhos, à economia desabando, a inflação subindo, o crescimento da economia encolhendo, a corrupção aumentando e tantos outros desatinos provocados por um governo que fez questão desencarrilhar o país.

Quando se fala em corrupção, não se pode deixar de citar o escandaloso saque de recursos públicos no escândalo ocorrido na Petrobras, empresa que era tida como o grande orgulho brasileiro que foi tomado por gestores corruptos que ainda hoje contam com total apoio da presidente Dilma Rousseff, que está garantindo o cargo nas mãos da sua amiga Graça Fortes, uma pessoa “competente e ética” na sua avaliação, com o que certamente grande parte dos brasileiros não concorda.

Mas, parece que para a presidente Dilma, o Brasil navega em mares calmos e sem prenúncio de tempestades. Isso pode ser visto nas propagandas eleitorais do PT, que mostrou aos brasileiros, um falso Brasil mostrou um retrado de um país que não existe. Os eleitores até que procuraram no Google o Brasil da Dilma e não encontram no mapa mundi.

Não precisa ser nenhum cientista político para saber que a presidente vai ter muitos problemas para governar os pais a partir do próximo ano. O Governo perdeu importante espaço político no Congresso Nacional, isso sem contar com aliados insatisfeitos, especialmente por parte do PMDB, que procura exercitar um “governo paralelo”, isso sem falar que as cobranças das promessas de campanha serão muito cobradas pela oposição que terá a liderança do senador Aécio Neves (PSDB), que perdeu por muito pouco a eleição presidencial, para a máquina petista e a sombra do ex-presidente Lula, que continua palpitando no governo.

Não tenho dúvidas de que o grande gargalo da administração a ser enfrentado pela presidente está inteiramente ligado à economia que há muito tempo saiu dos trilhos e para recoloca-la certamente que Governo vai utilizar remédios amargos e com isso a sociedade como um todo pagará pela falta de transparência e outros erros cometidos. Como sempre o pau quebra no lado onde estão os mais fracos.

Como não torço pelo quanto pior melhor, espero que a presidente Dilma, a, escolha ministros qualificados que possam ajuda-la a recolocar o Brasil nos trilhos, com o retorno do crescimento, dos empregos, de uma melhor educação, saúde, saneamento, com o PIB fortalecido, com a Petrobras saneada e com a punição dos corruptos, para que a nau brasileira possa navegar com segurança e mares calmos sem nenhuma ameaçam de naufrágio.

A esperança é que e 2015 nos ofereça um Brasil mais igualitário, que o Congresso Nacional não pratique o corporativismo e trabalhe por um Brasil melhor, que o Congresso Nacional assuma o seu papel e ajude o Governo a promover as várias reformas políticas e administrativas que tanto precisamos, como a política, por exemplo, que haja mais qualidade na segurança, educação, saúde, mobilidade urbana e outras políticas públicas que possam dar mais qualidade a vida dos brasileiros, com mais empregos e menos bolsas. Que o governo invista mais em pesquisa e tecnologia e que possamos conseguir um antídoto contra o vírus da corrupção que se enraizou que contaminou o PT e afetou a todos nós.

Por fim quero desejar a todos um Natal glorioso, solidário, de paz amor e fraternidade e que o ano de 2015, que está chegando, seja infinitamente melhor que o de 2014, repleto de sucesso realizações e a materialização de grandes sonhos, porém, que seja também, muito, muito pior que 2016. Que o G.`. A.`.D.`.U.`., Senhor de todos os mundos, continue abençoando o Brasil Que assim seja.

*Osny Arqújo é jornalista e analista político.
E-mail: [email protected] [email protected]

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.