Ídolos do passado dão receita para futuro de glórias do futebol amazonense

Amazonianarede – Sejel

Manaus – Convidados especiais para as comemorações do centenário do Rio Negro e Nacional, ex-jogadores dos dois clubes mais tradicionais do futebol amazonense deram a receita do sucesso vivenciado entre as décadas de 70 e 80. Neste sábado, 16 de fevereiro, a partir das 13h, no estádio do Sesi, em Manaus, os craques do passado reviverão as emoções do Rio-Nal, em amistoso histórico pela categoria master.

“É preciso valorizar a base, mesclar experiência e juventude, trazer jogadores de fora e formar times competitivos. Só assim as pessoas voltarão aos estádios para torcer pelos clubes do Amazonas”, disse o atacante Campos, de 60 anos, e eterno ídolo do Nacional, durante coletiva de imprensa promovida pelo Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus, nesta quinta-feira, 14 de fevereiro, no Salão Imperial do Tropical Hotel, na Ponta Negra.

Mineiro de nascimento e amazonense de coração, Campos disputou o Campeonato Brasileiro de 1972 pelo Nacional. “Tive a honra de vestir essa camisa e me destacar no cenário nacional como vice-artilheiro do Brasileirão.

Foi a partir de Manaus que cheguei à Seleção Brasileira, ou seja, só tenho a agradecer o carinho do povo amazonense”, enfatizou Campos.

No sábado, 22 jogadores “importados” vão se juntar a vários boleiros da terra. Juntos, eles deixaram boas lembranças na torcida que ia ao estádio Vivaldo Lima prestigiar jornadas épicas. O zagueiro Paulo Galvão, ex-Nacional e Rio Negro e hoje com 63 anos, lembra bem desse período de ouro. “Enfrentávamos de igual para igual adversários como Atlético Mineiro, Internacional, Palmeiras… O Vivaldão estava sempre lotado, com mais de 30 mil pessoas”, lembra Galvão.

AÇÃO CONJUNTA NO ESPORTE

Gestores locais do esporte, Alessandra Campêlo (Sejel) e Fabrício Lima (Semdej) participaram da apresentação dos eternos ídolos no Tropical Hotel. A partir do Rio-Nal centenário, eles iniciam uma espécie de ação conjunto no esporte.

“O Governo do Amazonas está intermediando este ano junto à iniciativa privada um patrocínio no valor de R$ 2,5 milhões”, lembrou Alessandra Campêlo, citando ainda importância do Projeto Bom de Bola, que atende 10 mil jovens na capital e interior do Estado, no fortalecimento do futebol amazonense.

Titular da Secretaria Municipal de Esportes, Fabrício Lima destacou que a Prefeitura já garantiu apoio à Federação Amazonense de Futebol (FAF) na realização de todos os campeonatos de categorias de base em 2013.

BRINDES PARA A TORCIDA

Os torcedores que forem ao estádio do Sesi no sábado serão brindados com 1.000 camisas promocionais oferecidas pela organização da festa – a distribuição será por ordem de chegada. Além disso, durante o intervalo do Rio-Nal de abertura do Estadual, a galera receberá bolas e concorrerá ao sorteio de 10 bicicletas. A FAF definiu que os ingressos para o espetáculo serão vendidos a R$ 10.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.