Hernane vira protagonista para levar o Fla à final após sete anos

(Fonte: Lancenet)

Rubro-Negro não disputa uma final de competição nacional desde 2006, quando foi o campeão da Copa do Brasil.

O maior artilheiro do Flamengo nos últimos 14 anos está longe de ser uma revelação da Gávea e muito menos ostenta um currículo de astro do futebol. Hernane, porém, mostrou ter estrela de protagonista ao vestir a camisa do primeiro clube grande na carreira e, nesta quarta-feira, às 21h50, diante do Goiás, no Maracanã, poderá levar o Rubro-Negro de volta a uma final de torneio nacional após sete anos.

O bom posicionamento e a competência, aliados à sorte, dão suporte para que o camisa 9 tenha deixado de ser um desconhecido e tenha virado xodó da torcida. Condição, até então, sequer imaginada pelo atacante, autor de 31 gols em 2013.

Um ano depois de o Fla vencer a Copa do Brasil, em 2006, o jogador começava a perambular pelo interior de São Paulo e do Paraná em busca de uma chance.

Oportunidade que até chegou a ser dada pelo São Paulo, quando Hernane tinha 20 anos. O Tricolor paulista, porém, não teve a mesma perseverança do Fla e ignorou Hernane, liberando-o no fim do contrato.

Distante de estar na lista dos maiores salários do atual elenco e sem a rodagem de Carlos Eduardo e Elias, que têm passagens pela Europa e convocações para a Seleção, Hernane usou o faro de artilheiro para desbancar os figurões do grupo e também se isolar na artilharia da Copa do Brasil.

É bem verdade que os seis gols, isolados, talvez, não sejam tão relevantes ao longo da campanha, mas a simples presença do camisa 9 em campo já causa preocupação aos rivais. Afinal, Hernane já deixou o simples rótulo de artilheiro do Mogi para ser o Brocador do Fla.

Trajetória de Hernane

Cotia

Com passagem pelas categorias de base do São Paulo, Hernane não chegou a integrar o elenco profissional.

Cigano

Depois disso, o Brocador esteve em clubes de menor expressão, como Rio Preto, Toledo e Paulista, até chegar ao Paraná, em 2011.

Destaque

No Paulista de 2012, foi destaque do Mogi Mirim, sendo vice-artilheiro do campeonato, atrás apenas de Neymar.

No Rubro-Negro

Chegou ao Flamengo para o Brasileiro de 2012 e ganhou a titularidade neste ano.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.