Governo vai investir R$ 7,3 bilhões em aeroportos

Amazonianarede – JB

Brasília – Em cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença da presidente Dilma Rousseff, o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, anunciou nesta quinta-feira uma série de medidas de estímulo à aviação regional. “Em uma primeira fase 270 aeroportos receberão R$ 7,3 bilhões em investimentos, feito diretamente ou por parceiras administrativas”, explicou.

A Região Nordeste será a maior beneficiada com R$ 2,1 bilhões em investimentos para 64 aeroportos. Em seguida vem a Região Norte que receberá R$ 1,7 bilhão para serem investidos em 67 aeroportos; a Centro-Oeste terá R$ 900 milhões para 31 aeroportos; a Sudeste, R$ 1,6 bilhão para 65 aeroportos; e, por fim, a Sul que receberá R$ 1 bilhão para investimentos a serem feitos em 43 aeroportos.

O governo anunciou também a criação da empresa Infraero Serviços, como parceira estratégica do operador nacional. “Com isso vamos qualificar o quadro da Infraero e prestar serviços adequados a outros aeroportos, com a possibilidade de estender os serviços também para aeroportos não operados por ela”, disse Bittencourt.

Entre os incentivos previstos no plano está a isenção de tarifas nos aeroportos do interior com movimentação inferior a 1 milhão de passageiros por ano. As tarifas, pagas por empresas aéreas para usar a infraestrutura dos aeroportos, serão reembolsadas pelo governo nos regionais.

Além disso, o governo anunciou a volta do subsídio para passagens aéreas em voos envolvendo aeroportos regionais. Isso significa que o governo vai bancar parte do valor do bilhete nesse tipo de deslocamento. Segundo Bittencourt, o subsídio será restrito aos assentos ocupados, limitado a 50% dos assentos da aeronave ou 60 assentos.

Durante o evento, a presidente Dilma Rousseff assinou decreto que autoriza a exploração comercial de aeroportos privados – hoje, só os públicos podem cobrar tarifa para receber voos.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.