Governo estuda o fim da Eletrobras

Eletrobras

Eletrobras

Amazonianarede – O Globo

Rio – O Conselho de Administração da Eletrobras vai se reunir nesta sexta-feira (25/01) no seu escritório no Rio de Janeiro para avaliar as propostas de redução e custos. A companhia enfrenta uma queda de cerca de 70% em suas receitas devido à renovação dos contratos de concessão com base na MP 579.

O governo estuda o fim da holding do setor elétrico, assim como todas as suas subsidiárias — Chesf, Eletronorte, Furnas, Eletrosul, Eletronuclear e CGTE —, responsáveis por 35,5% da geração energética do país.

Segundo o Globo, uma possibilidade é a criação de três holdings para a área elétrica: uma de geração, outra de transmissão e uma terceira de distribuição. Cada uma delas absorveria os ativos das atuais subsidiárias da Eletrobras — os ativos de geração de Furnas, por exemplo, iriam para a holding de geração, e assim sucessivamente.

Em reação à confirmação de Dilma Rousseff de que a tarifa da energia elétrica irá cair ainda mais para os consumidores finais e para as indústrias, as ações da Eletrobras despencaram – recuaram 7,53%, aos R$ 7,25. O Ibovespa registrou queda de 1,29%. Dessa forma, as ações da elétrica devolvem parte dos ganhos acumulados no ano.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.