Governo do Amazonas beneficia população de Manacapuru com projetos esportivos

Amazonianarede – Assessoria

Manaus – O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel), beneficiou nesta segunda-feira, dia 25 de fevereiro, mais de 600 jovens atletas de jiu-jítsu e de futebol do município de Manacapuru (a 84 km de Manaus), com a entrega de materiais esportivos para o projeto social de jiu-jítsu “Manacapuru Campeão – Formando Cidadãos”, bem como para as atividades do projeto “Bom de Bola 2013”. A solenidade aconteceu no ginásio do Sesc e contou com a presença da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS) e primeira-dama, Nejmi Aziz, e da secretária de Governo (Segov), Rebecca Garcia.

Com 100 novos quimonos em mãos, o “Manacapuru Campeão – Formando Cidadãos” terá mais estrutura para acolher os 200 jovens lutadores da cidade. Na mesma ocasião, a Sejel inaugurou as atividades de 2013 do núcleo do “Bom de Bola” em Manacapuru. Os jovens jogadores receberam 200 coletes, bolas, cones, redes e demais materiais necessários para treinamentos na escolinha pública de futebol, coordenada pelo Governo do Amazonas.

“São oportunidades como essas que o povo precisa para ter mais qualidade de vida e que, ainda, revela muitos talentos do esporte em nosso Estado. Fico muito feliz porque essas ações vão mudar a história de vida de vários jovens”, destacou Nejmi Aziz.

Oportunidade – O projeto social de jiu-jítsu “Manacapuru Campeão” existe há mais de seis anos na cidade e tem revelado talentos para o esporte brasileiro, como é o caso de Rudson Mateus, 17, que foi classificado para o campeonato mundial de Jiu-Jítsu profissional de Abu Dhabi. “Fico muito feliz em ver que hoje o projeto recebe esse apoio que, só assim formaremos novos campeões no esporte”, disse.

Ampliação – Reativado em julho do ano passado, o projeto “Bom de Bola” é uma escolinha pública de futebol que atende cerca de 7 mil jogadores de 9 a 17 anos no Estado. Na cidade de Manacapuru, o projeto vai atender mais 200 jovens, ampliando para 400 o número de beneficiados pelas ações do “Bom de Bola” na localidade.

A secretária da Sejel, Alessandra Campêlo, ressaltou que esse trabalho gera novas perspectiva de vida para a juventude. “Uma criança matriculada numa escolinha de futebol ou num projeto de jiu-jítsu ou será um atleta ou será um cidadão de bem. O certo é que ela estará longe do caminho das drogas e da marginalidade”, destacou a secretária da Sejel, Alessandra Campêlo.

O “Bola de Bola” conta com 35 núcleos na capital e 15 no interior, nos municípios de Borba, Canutama, Lábrea, São Gabriel da Cachoeira, Iranduba (Comunidade Santa Luzia do Baixio), Manacapuru, Presidente Figueiredo, Beruri, Rio Preto da Eva, Manaquiri, Itacoatiara, Itapiranga, Japurá, Careiro da Várzea e Parintins.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.