Ginastas que participaram da “Conexão Bulgária” chegam a Manaus

Manaus – Após 20 dias na Bulgária participando de um intercâmbio, a delegação amazonense composta pela professora Keyciane Angelim, pela treinadora Alessandra Balbi e as ginastas Karla Cristina,12, Maria Izabel Padilha, 12, Maria Eduarda Azevedo, 10, Emily Góes, 12, Vitória Nicole da Silva, 14, e Laisa Fonseca, 11, chegaram a Manaus trazendo muita experiência na ‘bagagem’, além de várias medalhas.

O conjunto que participou do ‘Conexão Bulgária’ por iniciativa da Prefeitura de Manaus, por meio Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), e Governo do Amazonas, terá a missão, agora, de passar todos os conhecimentos adquiridos às atletas da terra.

Na Bulgária, as ginastas amazonenses receberam treinamento no Clube Cska, com o ícone da modalidade, a técnica e professora Giurga Nedialkova e tiveram aulas de GR e balé.

“Conseguimos aprender muita coisa nova em relação a flexibilidade, disciplina, bem como postura, e agora vamos passar todas essas técnicas para as ginastas que representam o Amazonas. Foi tudo perfeito”, destacou Emily Góes, que faturou o segundo lugar no aparelho Fita e o terceiro no arco da categoria Juvenil (Até 2000) no Torneio Internacional de GR, em Tărnovo, no último dia 6 de junho.

Apesar do clima seco no verão e alimentação diferente, a técnica Alessandra Balbi afirma que todas as dificuldades passadas pelas atletas em questão de adaptação, foram pequenas frente à aprendizagem e a oportunidade de interagir e competir com ginastas da Romênia, Egito, Finlândia, Polônia, Moldávia, Suíça e da própria Bulgária.

“Foi uma experiência maravilhosa. As meninas participaram de várias séries, conviveram com técnicas e atletas de vários países, se adaptarem ao balé e competiram em alto nível. Agora é manter o aprendizado e evoluir cada vez mais. Essa, com toda certeza, foi uma oportunidade de ouro e muito bem aproveitada”, disse Balbi.

Alessandra ainda comentou sua experiência como árbitra nas competições “Fiz a arbitragem dos eventos e isso acrescentou muito para mim como técnica, pois fui visada e avaliada por vários países”, destacou.

Parceria

Para chefe do conjunto e gerente de atividades da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), Keyciane Angelim, o início do projeto Conexão Bulgária ainda tem muito a crescer e muitas novidades vem por aí. “A forma de treinamento intensivo e as técnicas aprendidas com a professora Giurga Nedialkova foram importantes. Conversei muito com ela (Giurga) e vamos ter daqui para frente outras oportunidades através de parcerias. Existe até a possibilidade de ginastas de lá passarem um tempo em Manaus. É só aguardar”, afirmou Angelim.

Prêmios conquistados

As ginastas que participaram da Conexão Bulgária conquistaram quatro medalhas no Torneio Internacional de GR, em Tărnovo, sendo o primeiro lugar geral na categorial Juvenil (até 1998) com Vitória Nicole, o terceiro na categoria Juvenil (até 2001), no aparelho bola, com Maria Isabel e o segundo lugar no aparelho Fita e o terceiro no arco, na Juvenil (Até 2000), com Emily Góes.

(Foto: Keicyane Angelim e Mauro Neto/Semdej)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.