Galo acredita na força do time e da torcida

BH – Em busca da Taça Libertadores da América, mais de sessenta mil vozes irão empurrar o Galo para cima do Olimpia, às 21h50 desta quarta-feira, no Mineirão, no segundo jogo da final.

No jogo de ida, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, o Olimpia venceu por 2 a 0. Como na final não prevalece o critério de gols marcados na casa do adversário, qualquer vitória atleticana por dois gols de diferença leva a disputa para a prorrogação. Para ficar com o título no tempo normal, o Galo precisa vencer por três gols de diferença.

“Saber que a gente tem o apoio do torcedor nos dá confiança e, sabendo que eles estão motivados, vamos fazer tudo para dar alegria para eles. Vou ser eternamente agradecido pelo carinho que recebi aqui. Nem conquistando uma Libertadores por dia vou conseguir retribuir todo esse carinho, mas sei a importância dessa competição para o clube, então, seria o motivo de maior alegria desde que cheguei aqui poder dar esse título”, disse Ronaldinho Gaúcho.

“Estou feliz de ter a possibilidade de jogarem um grande clube, me manter em um nível muito bom, jogar finais. Desde que comecei a jogar futebol até hoje, as coisas continuam no mesmo patamar”, disse o craque alvinegro.
Ronaldinho afirma que o Galo tem que manter o padrão das atuações como mandante.

“É sair para cima e tentar fazer logo o primeiro gol, jogar como a gente sempre joga dentro de casa. Ter atenção com os contra-ataques, eles tem jogadores de qualidade, buscar o gol desde o primeiro minuto, procurar encurralar e criar lance de gol no começo para que a torcida se empolgue e empurre a equipe até o final”, comentou.

Ele destaca que o momento mais divertido e inesquecível na carreira do jogador é participar de finais e ter chance de conquistar títulos importantes.

“Estou muito motivado com a chance de fazer história aqui no Galo, poder dar alegria torcedor que me apoiou desde que cheguei aqui. Minha motivação é essa e estou bem preparado para fazer o meu melhor. É maravilhoso, em tão pouco tempo, receber todo esse carinho, admiração. Quero entrar para a história do clube e essa é uma grande oportunidade”, frisou o ídolo.

“Tenho sorte em finais. Em quase todas, tive a felicidade de fazer gols, então, espero que a sorte continue, que Deus continue abençoando. Agora, é se concentrar e fazer o melhor para poder ajudar os companheiros a dar essa alegria para a torcida do Galo”, concluiu Ronaldinho.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO x OLIMPIA
Motivo: Copa Libertadores da América – Final – 2º jogo
Data: 24/07/2013
Hora: 21:50
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Wilmar Roldán (URU)
Auxiliares: Humberto Clavijo e Eduardo Ruiz

(Site Atlético Mineiro) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.