Fraga: se mulher bate como homem, apanha como homem

Roberto Freire segura braço de Jandira Feghali
Roberto Freire segura braço de Jandira Feghali
Roberto Freire segura braço de Jandira Feghali

BRASÍLIA – Após confusão no plenário da Câmara nesta quarta-feira (6), em que houve um empurra-empurra, o deputado Alberto Fraga (DEM-DF) disse à deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) que mulher que “bate como homem, tem que apanhar como homem também”.

Fraga fez o comentário após a deputada ameaçar denunciar o colega Roberto Freire (PPS-SP), que, segundo ela, a empurrou.

Tudo começou após Roberto Freire ter batido duas vezes nas costas do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), enquanto acontecia a discussão das medidas provisórias do ajuste fiscal. Irritado com a atitude, Silva disse para o parlamentar não tocá-lo.

Jandira interferiu e afirmou que foi empurrada por Freire ao colocar o seu próprio braço entre os dois.  A versão da deputada foi então contestada por Fraga, que disse que ela puxou o braço de Freire.

“Ninguém pode se prevalecer da posição de mulher para querer agredir quem quer que seja. E eu digo sempre que mulher que participa da política e bate como homem tem que apanhar como homem também. É isso mesmo, presidente”, afirmou Fraga.

Após os ânimos se acalmarem um pouco – o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, chegou a suspender a sessão – Roberto Freire pediu desculpas e disse que seu gesto não foi intencional.

“A deputada Jandira entrou e eu a tirei. Pode até ter sido um pouco com força. Olha, se for para pedir desculpas, eu peço desculpas, porque eu não fiz nada que tenha que me arrepender”, afirmou Freire.

Jandira Feghali garantiu que vai se dirigir à Corregedoria da Câmara para protocolar uma representação contra Fraga por quebra de decoro parlamentar e disse que também está pensando em um processo judicial, já que entende ter sido ameaçada. BAND

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.