Fla consegue empate e decide no Rio

(Fonte: Lancenet)

Aconteceu na noite desta quarta-feira, na Vila Capanema, o primeiro jogo entre os rubro-negros Atlético-PR e Flamengo válido pela final da Copa do Brasil.

Muita movimentação foi vista dentro de campo e o confronto terminou empatado em 1 a 1. Na volta, o Fla terá a vantagem de empatar sem gols para ser campeão. Se o 1 a 1 se repetir, a equipe que vai ficar com o título será definida após a cobrança de pênaltis.

Atlético-PR e Flamengo se enfrentam novamente pelo jogo de volta na próxima quarta-feira, às 21h50, no Maracanã. Porém, antes disso, ambas as equipes voltam a campo às 17h de domingo pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto o time paranaense recebe o Náutico na Arena Joinville, o clube carioca pega o Corinthians no Maracanã.

O JOGO

O Atlético-PR começou a partida pressionando bastante, até por conta do apoio contínuo dos torcedores que lotaram a Vila Capanema para assistirem o promeiro jogo da final da Copa do Brasil diante do Flamengo. Movimentação ofensiva era observada a todo instante, principalmente por Marcelo, do Furacão, que buscava espaços na defesa do Fla visando abrir o marcador.

A primeira chance de gol, entretanto, foi do Flamengo. Aos nove minutos, Chicão recebe boa bola na segunda trave, mas acaba falhando na hora da finalização. O Atlético-PR respondeu aos 17 minutos e teve uma maior sorte, já que ficou na frente no placar. Marcelo recebeu a bola na esquerda e arriscou um chute que ganhou velocidade por ter sido bastante forte, estufando as redes do goleiro Felipe, que nada podia fazer.

Com o Atlético-PR na frente, o Flamengo foi para cima em busca do empate e conseguiu pouco tempo depois, aos 30 minutos. Da intermediária, o volante Amaral foi avançando com a bola sem marcação e mandou para o gol, indefensável para o goleiro Weverton. Empate em 1 a 1 no placar antes mesmo do intervalo da partida.

Ainda no primeiro tempo, o Atlético-PR teve duas chances, mas não conseguiu fazer os gols. Primeiro foi aos 35 minutos, com Ederson cruzando e Marcelo finalizando para fora. Depois foi aos 37, com Everton cabeceando para a linha de fundo com perigo, após cruzamento de Paulo Baier. Nestes últimos minutos, o Flamengo foi praticamente nulo ofensivamente, pensando apenas em se defender.

O panorama na volta para o segundo tempo se manteve o mesmo visto nos primeiros 45 minutos de partida, com bastante movimentação dos jogadores de Atlético-PR e Flamengo na busca pelo resultado. Logo aos três minutos, Luiz Alberto cabeceou para o chão obrigando o goleiro Felipe a fazer grande defesa e, no minuto seguinte, Hernane arriscou ce longe e Weverton também fez boa defesa.

Aos 12 minutos, o Atlético-PR por pouco não fez o seu segundo gol na partida. Marcelo chutou cruzado, Felipe espalmou e Ederson estava chegando para finalizar, porém Samir chegou primeiro e afastou o perigo de qualquer forma. O Flamengo deu o troco aos 19, quando Luiz Antonio se mandou pelo lado direito, passou por Manoel e soltou forte, desperdiçando a oportunidade.

Nos minutos finais da partida, os jogadores de Atlético-PR e Flamengo foram para a pressão final na busca pela vitória. Aos 30, Luiz Antonio teve boa oportunidade em cobrança de falta que tirou tinta da trave esquerda de Weverton. Já no minuto seguinte, Everton arriscou e Felipe fez grande defesa, mandando a bola para escanteio. E aos 39, João Paulo também teve a sua chance de fazer o gol, mas sem êxito. Fim de partida, empate em 1 a 1 e agora a decisão fica para o Maracanã.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 X 1 FLAMENGO

Estádio: Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data/hora: 20/11/2013 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Alessandro Rocha de Matos (BA)
Renda/público: R$ 780.080,00/15.494 pagantes
Cartões amarelos: Pedro Botelho, Everton (CAP) e Léo Moura, Elias (FLA)

GOLS: Marcelo 17’/1ºT (1-0) e Amaral 30’/1ºT (1-1)

Atlético-PR: Weverton, Juninho, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho (Dellatorre 15’/2ºT); Deivid, Zezinho, Paulo Baier (Maranhão 30’/2ºT) e Everton; Marcelo e Ederson (Ciro 31’/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Chicão (Samir 41’/1ºT), Wallace e André Santos (João Paulo 28’/1ºT); Amaral, Luiz Antonio, Elias e Carlos Eduardo (Diego Silva 39’/2ºT); Paulinho e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.