Exposição mostra cenário de crianças ribeirinhas

Amazonianarede – DOL

Belém – Com curadoria do artista visual Emanuel Franco, a exposição “A Inocência dos Rios”, que abriu para visitação neste sábado (16), é composta por 18 fotografias, e contempla as crianças ribeirinhas e os rios amazônicos. A mostra foi montada próximo às escadas rolantes, e ocorre durante os eventos realizados no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.

Foram convidados para a exposição 12 fotógrafos paraenses – Ana Mokarzel, Débora Flor, Deborah Cabral, Elza Lima, Evna Moura, Jeyson Martins, Joyce Dias, Jonise Nunes, Paula Sampaio, Rafael Araújo, Tarso Sarraf e Valério Silveira -, que desenvolveram trabalhos abordando a rotina das crianças que moram às margens dos rios amazônicos. Além das imagens, brinquedos de miriti vão compor a mostra.

A exposição faz parte do projeto de fomento à cultura, desenvolvido pela da OS Pará 2000, destacou a presidente da instituição, Gabriela Landé. “A Estação das Docas e o Mangal das Garças, espaços administrados pela OS, já foram contemplados com exposições. Agora é a vez de levar esta cultura ao nosso centro de convenções. É mais um atrativo para os participantes dos eventos realizados no Hangar, e acreditamos em uma boa aceitação do público”, afirmou.

A exposição “Inocência dos Rios” será aberta paralelamente à Feira em Homenagem ao Artesão. “Incorporei elementos como brinquedos e aves de miriti para contextualizar, reforçar o lado lúdico da exposição. A extensão para o Hangar é muito louvável, pois além do cunho visual trabalhamos a questão didática. E inaugurar durante uma feira que também trabalha com o artesanato irá engrandecer o trabalho de todos”, frisa Emanuel Franco.

SERVIÇO

Exposição “A Inocência dos Rios”. De 16 de março a 16 de abril, no Hangar. Visitação durante a realização de eventos no Hangar.

(DOL, com informações da Organização Social Pará 2000) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.