Escolas zona Sul fazem atividades do Programa Transforma, no Mindu

Alunos das escola municipais da zona Sul, realizam atividades Mindu

 

Alunos das escola municipais da zona Sul, realizam atividades Mindu
Alunos das escola municipais da zona Sul, realizam atividades Mindu

Manaus, AM – Na manhã desta sexta-feira, 17, no Parque do Mindu, oito unidades de ensino da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, que desde o ano passado realizam ações do Transforma, apresentaram a Mostra Transforma em Ação, na qual apresentaram exposição de fotos e relatos de como o projeto está funcionado nas escolas da rede.

A Escola Municipal Izabel Angarita, do Conjunto Atílio Andreazza, utilizou os valores e a essência de quatro esportes olímpicos, e compartilhou de forma interdisciplinar com cerca de 200 alunos de 6º ao 9º ano do colégio. Após o aprendizado em sala de aula, foi realizada a experimentação esportiva, onde as crianças tiverem contato com modalidades, como badminton, tiro com arco, hóquei na grama e goalball.

“Dentro de todas as atividades que nós trabalhamos, o mais importante que ficou, além da atividade física em si, foram os valores. A ideia do Transforma é a gente trabalhar os valores olímpicos dentro de todas as atividades escolares para que o aluno leve isso para toda a vida. Estamos contribuindo para desenvolver um ser humano melhor”, afirmou o gestor da Izabel Angarita, professor Jovan Melo.

Para o aluno Eduardo Dias, 11, da Escola Municipal Ana Mota Braga, no Petrópolis, as atividades de jiu-jítsu e judô desenvolvidas na escola ajudou na união entre os alunos. “A união é uma coisa importante porque é como se fosse a origem da felicidade. Ninguém é feliz sozinho, é sempre junto com alguém”, afirmou.

Ações

O coordenador do Programa Transforma na Semed, Zacarias Lopes, explicou que as atividades têm dois pilares: o aprendizado dos valores do esporte e a experimentação esportiva. A ideia da Mostra Transforma em Ação é compartilhar as atividades exitosas feita nas escolas.

“Muitos trabalhos foram desenvolvidos nas escolas envolvendo todas as disciplinas e não somente a educação física. Foi aliado o prazer do esporte e os valores dele no cotidiano escolar. Aqui está sendo compartilhada  essas ações. O transforma trouxe uma nova roupagem de como trabalhar temas como bullying, pichação na escola, evasão escolar, usando o esporte nisso”, explicou.

Para encerrar o evento, os participantes fizeram um revezamento simbólico da Tocha Olímpica dentro de trilhas do Parque do Mindu. O símbolo olímpico foi confeccionado com papelão e imitou o designer da tocha original. A chefe da DDZ Sul, Jecicleide Nascimento, foi a primeira a conduzir o fogo olímpico.

“Esse projeto foi importantíssimo dentro das escolas por trabalhar com os alunos a importância dos valores olímpicos que estão presentes no dia a dia de todo e qualquer cidadão, que é o respeito as pessoas, a amizade, a união. Esse trabalho forma cidadãos mais conscientes”, destacou.

Amazoianarede

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.