Em termos absolutos telefonia celular no Brasil é a mais cara do planeta

País ainda é o que cobra mais caro pelas chamadas em termos absolutos. Segundo um relatório divulgado em Genebra pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), agência das Nações Unidas, o minuto para ligação entre celulares da mesma operadora no Brasil custa em média US$ 0,71, 70 vezes mais que em Hong Kong, por exemplo.

Como se não bastasse a péssima qualidade da telefonia celular no Brasil, o País ainda é o que cobra mais caro pelas chamadas em termos absolutos.

Segundo um relatório divulgado em Genebra pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), agência das Nações Unidas, o minuto para ligação entre celulares da mesma operadora no Brasil custa em média US$ 0,71, valor mais alto do mundo.

Para se ter uma ideia, o norte-americano paga três vezes menos para falar pelo celular. Na Espanha, paga-se cinco vezes menos do que no Brasil.

Na China, o custo para se falar pelo celular não ultrapassa US$ 0,04 por minuto e, em Hong Kong, é de no máximo US$ 0,01 – 70 vezes menos que no Brasil. Os vizinhos argentinos também pagam duas vezes menos que nós.

Ao calcular tarifas de telefones fixo, o desempenho do País também não é nada bom. Quando a ligação é realizada entre celulares de diferentes operadoras, o custo brasileiro sobe para US$ 0,74, o mesmo para ligações de celular para telefone fixo, também o mais caro do mundo.

De acordo com a UIT, entre 161 países avaliados, o Brasil está apenas na 93ª posição. Já levando em consideração o poder aquisitivo dos cidadãos de cada país, o Brasil é o quarto mais caro do mundo, ultrapassado pela Bulgária, Malawi e Nicarágua. Quanto à banda larga, a situação melhora um pouco: o Brasil é apenas o 55º mais caro.

Mesmo diante dos altíssimos preços, a UIT aponta que cada vez mais brasileiros têm acesso à internet e a telefones celulares.

Em 2012, o País atingiu pela primeira vez a marca de metade da população estar conectada à rede de computadores e ter um computador em casa.

Enquanto isso, o número de celulares já ultrapassou o de habitantes no Brasil. Há hoje uma média de 125 aparelhos para cada cem brasileiros.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.