Em Rondônia, mais de 2 mil consumidores têm energia suspensa

Porto Velho, RO – Com o objetivo de manter a segurança dos moradores atingidos pela cheia do rio Madeira, desde o dia 14 de fevereiro técnicos da Eletrobras Distribuição Rondônia realizam a suspensão do fornecimento de energia em várias cidades de Rondônia.

Ao todo, 2.200 consumidores tiveram a energia suspensa até que o nível do rio volte ao normal.

De acordo com o diretor de operações da Eletrobras, Luiz Marcelo, apenas em Porto Velho 12 bairros tiveram parte da distribuição de energia interrompida. Os mais afetados foram Nacional, Triângulo, Estrada do Belmont e a área central da cidade. “O que pretendemos é evitar acidentes envolvendo eletricidade e pessoas”, disse Marcelo. No último final de semana, um rapaz que desmontava a residência, no bairro Nacional, foi eletrocutado. Ele só sobreviveu porque uma equipe do Corpo de Bombeiro estava próximo da área do incidente e rapidamente realizou os primeiros atendimento no local.

A medida em que o rio aumenta mais residências tem o fornecimento de energia suspensa. No final do mês passado eram 450 casas sem energia e apenas Porto Velho e a região de Guajará-Mirim, Araras e Nova Mamoré estavam sofrendo com o problema. Com o rio Madeira atingindo 19,15 cm, as cidade de Ji-Paraná, Pimenta Bueno e Jacy-Paraná também tiveram o corte de energia.

Situação complicada nos distritos

A situação mais complicada está nos distritos da Capital, apenas parte de Calama possui energia. Os demais vilarejos estão no escuro. “Só a parte alta da comunidade possui energia. O rio invadiu as usinas de fornecimento e tivemos que suspender o serviço por tempo indeterminado”, afirmou o diretor.

Ele afirma que a Eletrobras não calculou os prejuízos causados com a suspensão da energia. Ele também não descarta que os cortes continuem. “É muito cedo para ter esses números, até porque o rio sobe todos os dias e consequentemente somos obrigados a suspender a energia nas localidades afetadas”, disse Marcelo.

Dados da Eletrobras mostram que os serviços aumentaram 30% esse ano, comparado com o mesmo período do ano passado.

A população pode entrar em contato com a Eletrobras, pelo telefone 0800-647-0120, e solicitar a suspensão da energia das residências que coloquem em risco a vida dos moradores.

Por: Paulo dos Santos

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.