Economia brasileira encolhe 0,5% no 3° tri, pior resultado em mais de 4 anos

A economia brasileira encolheu no terceiro trimestre deste ano, primeiro resultado negativo e o pior em mais de quatro anos, afetada sobretudo pela queda dos investimentos.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil recuou 0,5 por cento entre julho e setembro quando comparado com o segundo trimestre, o pior desempenho desde o primeiro trimestre de 2009, quando houve retração de 1,6 por cento, informou nesta terça-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com igual período de 2012, a atividade no trimestre passado cresceu 2,2 por cento.

Pesquisa Reuters indicava que a economia brasileira teria contração de 0,2 por cento nos três meses até setembro sobre o segundo trimestre e avançaria 2,5 por cento na comparação anual, segundo a mediana das projeções e sem considerar a nova metodologia do IBGE para o PIB.

Segundo o IBGE, a Formação Bruta de Capital Fixo, uma medida de investimento, recuou 2,2 por cento no terceiro trimestre sobre o período imediatamente anterior, no pior desempenho desde o primeiro trimestre de 2012 (-2,7 por cento).

O governo da presidente Dilma Rousseff assumiu o discurso de que os investimentos serão o principal motor da economia brasileira, tendo como pano de fundo as concessões de infraestrutura e logística já feitas e programadas para o próximo ano.

No trimestre passado, ainda segundo o IBGE, o setor de Agropecuária também encolheu, com retração de 3,5 por cento sobre abril e junho, enquanto os setores Industrial e de Serviços ficaram praticamente estáveis, com variação positiva de 0,1 por cento.

Já o consumo das famílias e do governo, no mesmo intervalo de tempo, tiveram expansão de 1 e de 1,2 por cento, respectivamente.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.