Dilma: É possível o país crescer, distribuir renda e proteger o meio ambiente

(Amazonianarede – JB)

O Plano Brasil Ecológico terá, em três anos, investimentos de R$ 8,8 bilhões para ações de incentivo ao cultivo de alimentos orgânicos. O anúncio foi feito pela presidente Dilma Rousseff, nesta quinta-feira (17), que destacou a mudança de consciência sobre a importância da agroecologia, e do acesso e proteção aos alimentos e à água.

“Nosso país tem dado passos significativos na construção de um padrão de desenvolvimento sustentável. É possível um país crescer, que esse país que cresce distribua renda e inclua, e seja um país que conserva e protege o meio ambiente. É possível produzir com qualidade alimentos orgânicos da agroecologia”, destacou.

Serão disponibilizados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e pelo Plano Agrícola e Pecuário R$ 7 bilhões para empréstimos. Também fazem parte do plano ações como investimento em assistência técnica rural e pesquisa de tecnologia para o plantio de alimentos orgânicos.

Reforma Agrária

A presidente ainda anunciou que 100 decretos de desapropriação de terra para reforma agrária serão publicados até dezembro. E, segundo Dilma, eles contam com uma inovação: foi feita uma avaliação produtiva para garantir a sustentabilidade do trabalho nas áreas escolhidas.

“Muitas vezes se fez decreto e assentou famílias em lugares que não tinha como se sustentar. Sabemos disso, então considero que ele [o ministro Pepe Vargas] está fazendo um esforço para melhorar a qualidade do decreto. Apoio essa questão e exijo, porque não temos o direito de colocar famílias vivendo num lugar onde não tem da onde tirar sua renda”, afirmou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.