Diaristas entram na mira de startups e grandes empresas

São Paulo – A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 66/2012 foi promulgada no início do mês e muitas famílias se questionam se poderão ou não manter o trabalho de empregados domésticos em suas residências.

Segundo o Instituto Doméstica Legal, a nova lei que dá à categoria direitos semelhantes aos de qualquer trabalhador contratado sob regime de Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) poderá aumentar em 36% o custo do trabalho doméstico para os empregadores. Tal aumento poderá fazer com que algumas famílias demitam seus funcionários e passem a utilizar serviços temporários, como diaristas. Mas há quem aproveite a oportunidade para criar novos negócios. Algumas empresas já se especializam em tentar facilitar essa procura: há sites de busca de diaristas na internet e firmas de faxina terceirizada que estão ampliando seus serviços para atender pessoas físicas – não apenas empresas.

Antes mesmo de a PEC das Domésticas ganhar notoriedade, o site GetNinjas criou uma plataforma para auxiliar famílias. Por meio do portal, que funciona desde setembro de 2011, qualquer pessoa cadastrada pode procurar ou anunciar um serviço. A plataforma conta com mais de 5 mil diaristas cadastradas em todo o país. Com a aprovação da nova legislação, o serviço registrou um aumento de 18% na busca pelos serviços. “Quando nos baseamos em regiões mais ricas e informatizadas, o resultado foi ainda mais expressivo. Na zona oeste de São Paulo, por exemplo, o aumento foi de 33%”, afirma Eduardo L’Hotellier, fundador do GetNinjas. Recentemente, o site recebeu um aporte de 6 milhões de reais dos fundos de investimentos em startups Monashees Capital, Kaszek Ventures e pela Companhia Financeira Otto.

Outra plataforma que oferece banco de dados similar é a Recomind. A diferença é que, neste caso, é possível cadastrar avaliações sobre as diaristas e até mesmo recomendá-las a outros usuários. A estratégia da empresa é fazer com que a plataforma se torne um tipo de rede social de busca de profissionais domésticos. “Nas últimas quatro semanas, percebemos um crescimento de 12% nas buscas”, diz Juliano Martinez, CEO e fundador do Recomind. Tanto no GetNinjas quanto no Recomind, é possível encontrar profissionais cadastrados em todas as regiões. Outros sites que oferecem serviços semelhantes no Brasil são o Bougue e do Beeqo. Contudo, se o cliente estiver em apuros domésticos e precisar de solução imediata, pode se frustrar – os empregadores não possuem autonomia para entrar em contato diretamente com os profissionais e devem aguardar o envio de orçamentos por email, de acordo com a agilidade da empresa.

Empresas especializadas em limpeza doméstica para pessoas físicas são populares nos Estados Unidos e começam a ganhar espaço no Brasil. O preço e o número de faxineiros contratados para a limpeza de uma determinada casa variam conforme o tamanho e o tipo do serviço. A rede norte-americana Jani-King, que tem 51 lojas espalhadas pelo Brasil e atua com limpeza comercial criou, recentemente, uma área destinada a atender residências. Para um apartamento de 80 metros quadrados, o valor da faxina é cerca de 80 reais. “A classe média precisa de diaristas. Muitas famílias trabalham o dia todo, mas não têm dinheiro para pagar todos os benefícios de uma empregada formal”, afirma Christian Rojas, diretor de operações da Jani-King.

Já a House Shine funciona especificamente para atender residências. Criada em 2008, em Portugal, e presente no Brasil desde julho do ano passado, a rede tem unidades nas cinco regiões do país. Em média, são cobrados de 90 a 135 reais pela limpeza de apartamentos de até 130 metros quadrados. Para a faxina, que dura cerca de duas horas, a House Shine envia dois profissionais e o contratante não precisa se preocupar nem com a compra dos produtos. Após a promulgação da PEC das Domésticas, o movimento cresceu 30% nas unidades da rede.

“Recentemente, alguns de nossos clientes desistiram de ter uma empregada fixa, devido ao aumento dos custos, e passaram a contar exclusivamente com os nossos serviços”, afirma a diretora da empresa, Lilian Esteves.

Outras empresas, como a Domestic Center e a Mary Help, especializadas no fornecimento de diversos tipos de serviços domésticos, têm intensificado a oferta de diaristas devido ao recente aumento da demanda.

Fonte – Veja

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.