Denúncia: Unimed está restringindo exames de ressonância magnética em Manaus

Na Aleam, a deputada comunista Alexandra Campelo, faz grave denuncias contra a Unimede-Manaus
Na Aleam, a deputada comunista Alexandra Campelo, faz grave denuncias contra a Unimede-Manaus
Na Aleam, a deputada comunista Alexandra Campelo, faz grave denuncias contra a Unimede-Manaus

Amazonas – A deputada estadual Alexandra Campelo (PC do B), em Comunicado de Liderança, durante a Sessão Plenária realizada nesta terça-feira (8), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a deputada Alessandra Campêlo (PCdoB) informou que irá solicitar que as Comissões de Saúde e de Defesa do Consumidor da Casa, atuem no sentido de fiscalizar a marcação de exames de ressonância magnética pela cooperativa médica Unimed Manaus.

De acordo a parlamentar, a Unimed estaria restringindo o atendimento dos pacientes que agendam a realização do exame para os dias úteis, apenas ao Hospital e Pronto Socorro Unimed, localizado no bairro Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul de Manaus, e nos horários após as 22h.

A realização de exames durante o dia são realizados apenas aos fins de semana. “Eu estive lá e encontrei uma senhora de 80 anos, que teve seus exame agendado para a 00:00h”, disse Alessandra.

A deputada afirmou que a empresa não disponibiliza a opção de fazer esse procedimento em clínicas conveniadas, e que, mesmo sendo marcada para acontecer em um ambiente hospitalar, não há acompanhamento médico ou de profissional capacitado para agir em caso de reação alérgica do paciente que utiliza o contraste para fazer a ressonância magnética. “É um crime que a Unimed está cometendo contra os usuários”, afirmou.

Amazonianarede-Aleam

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.