Delegação amazonense vai ao brasileiro de Tênis de Mesa

(Foto: Antonio Lima – Semjel)

Os melhores mesatenistas do País estarão participando do 44º Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa, que acontece de 29 de outubro a 3 de setembro, em Bento Gonçalves (RS).

Entre os mil atletas confirmados para o evento, que fecha o circuito nacional da modalidade, estão os amazonenses Alice Lavareda, Mário Costa, Manoel Neto, Leonardo Soares e André Murchie. Eles conquistaram as passagem da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), na manhã desta terça-feira (15), como premiação do Campeonato Amazonense de Tênis de Mesa, que terminou há um mês.

“No começo do ano, o secretário Fabrício Lima fechou acordo com a Federação de Tênis de Mesa do Amazonas (FTMA) e ficou estipulado que os vencedores do estadual iriam ganhar troféus, medalhas e passagens para a última e mais importante etapa do Brasileiro. É essencial ter representantes do Amazonas nesta competição e tenho certeza que eles vão voltar carregados de medalhas”, disse o presidente da FTMA, André Galvão.

Desde 1993 participando do Brasileiro, Mário Costa soma 13 medalhas no evento nacional. E para aumentar a coleção, ele vai ter que passar pelos consagrados Gustavo Tsuboi, Cazuo Matsumoto e Hugo Calderano. Todos integrantes da seleção brasileira.

“Não é uma competição fácil, mas após quase vinte anos participando, chego ao Brasileiro muito mais maduro, calmo e concentrado. E esses fatores são importantíssimos. Afinal, para superar grandes nomes como o Cazuo, o Tsuboi e o Calderano, é preciso estar totalmente equilibrado”, comentou Mário, que venceu o Amazonense pela categoria Absoluto Masculino, ao somar mais de quatro mil pontos.

Presente

Em ótima fase após conquistar o Estadual Feminino, Alice Lavareda segue para o Brasileiro com a missão de se destacar na disputa de Seleções e Clubes. Pelas categorias, a amazonense poderá cruzar com as atletas olímpicas Caroline Kumahara, Lígia Silva e Lin Gui.

“Eu também vou defender a individual, mas o meu foco está na de Seleções. Por isso, estou treinando quatro vezes ao dia, por duas horas, pois tenho que estar muito bem afiada. No tênis de mesa, qualquer erro é fatal e só é possível vencer um bom atleta se você tiver um diferencial. É nisso que estou apostando, e se Deus quiser o esforço será recompensado”, disse Alice, que soma apenas quatro anos de “raquete” e é considerada uma das atletas mais promissoras do Amazonas.

“Comecei há quatro anos no esporte e desde lá tenho conseguido superar atletas que se dedicam há vários anos. Por isso, agradeço muito a Deus pelas minhas conquistas e não tenho medo de desafios. Esta passagem, por exemplo, é o meu maior presente de aniversário, pois é o passaporte para o Brasileiro”, disse a jovem, que completa 20 anos hoje.

Acumulando 5.300 pontos no Amazonense, Leonardo Soares também garantiu sua ida ao Brasileiro pela quarta vez. Ano passado, o garoto conquistou o vice-campeonato pelo Infantil e este ano, estreando pela Juvenil, ele não quer nada mais que o ouro.

“Os paulistas são duros de bater, mas estou capacitado para mais esta competição e pretendo representar muito bem o Amazonas. É uma oportunidade única para nós atletas participamos do evento mais importante do calendário e vou dar o meu melhor”, disse o garoto de 15 anos, que começou no esporte devido influencia do pai Márcio Soares.

Brasileiro

O 44º Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa é a maior competição da história e reunirá um total de 1.106 atletas, sendo 908 no Ranking Olímpico e outros 198 nas Classes Paralímpicas, representando 152 clubes de todas as regiões.

O Circuito passou por diversas regiões do País em 2013. A cidade de Brasília-DF recebeu a etapa inicial, que teve ainda Santos-SP, Maceió-AL, Maringá-PR (com o maior número de inscritos da história), Maceió-AL, Vitória-ES, que não recebia uma etapa desde 2008 e Manaus-AM.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.