De olho em 2016, Nacional apresenta novo elenco

Elenco do Nacional para 2016, apreesentado
Elenco do Nacional para 2016, apreesentado
Elenco do Nacional para 2016, apreesentado

Manaus – O Nacional, o time que mais tem títulos de campeão amazonense e foi o primeira campeão da Arena da Amazônia, já está com o ovo total e=no ano que vem e por isso, fez a apresentação em grande estilo do elenco para 2016, na sala de troféus do clube na Vila Municipal. Apesar disso, fora da sede, torcedores de manifestaram a pediram a saída da diretoria, insstisfeitra com o comportamento do clube na Seria D.

Alheia a diretoria do Nacional apresentou nesta quarta-feira (9), na sede do clube, na Vila Municipal, na Zona Centro-Sul de Manaus, comissão técnica e elenco para a temporada 2016. Totalmente reformulada, a equipe que representará o Estado no Brasileirão da Série D do ano que vem conta com apenas três atletas do time que não passou da primeira fase do torneio de acesso para a Terceira Divisão nacional em 2015.

Há exatos 359 dias a diretoria do Naça apresentava o elenco de 2015. Na ocasião, o presidente nacionalino Mário Cortez sentado ao lado do então treinador Sinomar Naves e do coordenador das divisões de base, Aderbal Lana, acenava com novos horizontes para o futebol do Naça. Nem um ano depois, na mesma sala de troféus do clube, Heriberto da Cunha é a “bola da vez” no comando do Leão da Vila Municipal.

Com Heriberto, um elenco repleto de caras novas – o que é habitual quando o assunto é Nacional. Dos conhecidos do torcedor amazonense apenas a dupla Railson e Hayllan, ambos nascidos no Amazonas, e que poucas chances tiveram no ano passado no clube. Junto aos jovens jogadores o outro “sobrevivente” da equipe que passou pelas mãos de Aderbal Lana e, posteriormente, Paulo Morgado, apenas o meia Charles, que não compareceu ao evento.

Lima no futebol

Na direção do futebol do Naça, outro rosto não tão novo, mas em função nova: o ex-jogador Lima agora comanda o departamento de futebol nacionalino. O ídolo da italiana Roma comentou sobre o planejamento do elenco do Leão. “Nós vamos fechar o plantel antes do início da primeira competição, mas o objetivo do treinador e nosso é trabalhar 25 ou 26 atletas e fazermos um bom trabalho. O objetivo maior nosso é dar condições para os jogadores para que a gente possa fazer um bom trabalho”, pontuou.

O Naça deve disputar um triangular no mês de fevereiro com a participação de Fast Clube e Princesa do Solimões. O torneio serviria para testar o novo time do Leão antes do início das Copa Verde e Copa do Brasil.

Amazonianarede-Acritica

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.