Craques do passado levam fãs às lágrimas na preliminar do Rio-Nal centenário

Amazonianarede – Sejel

Manaus – A emoção tomou conta da torcida amazonense durante o amistoso que reuniu craques das últimas décadas de Rio Negro e Nacional. A partida, realizada neste sábado, 16 de fevereiro, das 13h às 14h, deu início às comemorações dos 100 anos dos dois clubes mais tradicionais do Estado.

O auxiliar administrativo José Rocha Filho, de 50 anos, voltou ao “túnel do tempo”. Ele, que torce pelo Nacional desde os anos 60, lembrou da atuação de vários atletas que estavam presentes no Sesi.

“É uma alegria poder rever jogadores como Antenor e Toninho, que foram grandes jogadores do Naça e, além disso, fizeram parte de outros grandes times como Atlético Mineiro e São Paulo”.

Johames Guimarães, 50, um dos líderes da torcida do Rio Negro, destacou o clima de confraternização e amizade trazida pelos veteranos. “Quem passou pela emoção de antigamente nas reuniões que fazíamos todos os anos e chega hoje depois de décadas vendo o estádio lotado não consegue conter as lágrimas”.

ÍDOLOS GRATOS

O ponta esquerda Edu, 63, ex-Nacional, era a cara da felicidade no Clube do Trabalhador. O ex-companheiro de Pelé no Santos e campeão mundial com a Seleção Brasileira em 1970 (México) disse que não imaginava o quanto era amado em Manaus.

“Joguei aqui no Nacional há mais de 20 anos e até hoje as pessoas lembram-se da minha passagem pelo clube. É uma alegria muito grande receber o carinho dos torcedores amazonenses”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.