Corrida da Mulher vai reunir mais de três mil na Ponta Negra

Manaus – Mais de três mil participantes são esperadas neste sábado, 08, na 4ª edição da Corrida da Mulher.

O evento, realizado pela Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), terá largada às 17h, na Ponta Negra.

Participando da prova pelo segundo ano consecutivo, a advogada Polyana Vieira tem a opinião de que a corrida deve ser prazerosa, sem obrigações. “E a Corrida da Mulher é assim. Ela garante liberdade para brincarmos, nos divertirmos e ao mesmo tempo praticarmos um esporte que é maravilhoso”, disse.

Polyana lembrou ainda que descobriu a modalidade há menos de um ano, entretanto a prática já se tornou fundamental para ela. Tanto que a advogada faz parte do grupo “Pró Saúde”, que diariamente percorre a Ponta Negra. “Eu descobri a corrida depois que comecei a fazer o treino funcional. Mas, o funcional eu faço com aquele compromisso de manter o peso, já que emagreci bastante do ano passado para cá. Enquanto a corrida é um complemento, pois não me cobro em relação ao percurso. Faço no meu tempo, o que me possibilitou recuperar a autoestima e a disposição”.

Pioneira

Pioneira no atletismo do Amazonas ainda na década de 70, Marivalda Maquiné, “a Tia Bada”, como é conhecida entre os esportistas, esteve sempre no pódio das principais competições da cidade. E, aos 70 anos, confirmou sua participação nesta edição da Corrida da Mulher. Apesar do histórico de pódios, ela afirmou que cruzar a linha de chegada não será o foco principal neste sábado. “Na Corrida da Mulher não há categorias e nem discriminação de idade. Ou seja, todas estão ali com o objetivo de participar e ultrapassar seus limites, pois nem todas as participantes são corredoras profissionais. Então, conseguir percorrer os cinco quilômetros da prova já é uma vitória, uma sensação maravilhosa”, destacou.

Além da corrida, ela é mais uma das mulheres que pretende usufruir de todos os serviços que serão oferecidos no evento, como salão de beleza e massagem corporal, aula de body jump, dos pontos de hidratação e da degustação de frutas.

Foto: Antonio Lima- Semjel

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.