Conferências regionais de educação são iniciadas no Amazonas

Amazonianarede – Agecom

Manaus – Ouvir as bases, projetar metas e planejar melhorias para o sistema público de ensino. Com esses objetivos foram iniciados nesta terça-feira, 19 de março, os trabalhos das conferências municipais e estadual de educação. Em cerimônia realizada no auditório Belarmino Lins da Assembleia Legislativa do Estado, o Fórum Estadual de Educação reuniu gestores públicos, professores, alunos, sindicalistas e a sociedade em geral para debater a educação.

A mobilização terá continuidade com a promoção de conferências em todos os municípios e culminará com a realização da conferência estadual, programada para ocorrer no mês de agosto em Manaus.

Representando o governador do Estado, Omar Aziz, o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, afirmou durante o encontro que o trabalho empreendido pelas conferências são imprescindíveis para o aprimoramento do sistema educacional brasileiro. “Acreditamos neste trabalho realizado com a base e sabemos que as discussões ali suscitadas serão úteis para a melhoria da educação. São debates que servem para avaliarmos o presente e delinearmos o futuro”, apontou.

Rossieli Silva disse que, historicamente, as conferências têm suscitado discussões com sentido prático que geram benefícios para quem está na ponta: os alunos. “Propostas como a ampliação dos repasses federais para a educação, o piso nacional dos professores e mudanças no desenvolvimento do ensino médio nasceram nas conferências. Apoiamos, portanto, estes encontros por acreditar que as decisões não devem estar restritas ao âmbito dos gabinetes”, destacou Rossieli Silva.

Apoio do Estado – Presidindo o fórum estadual, o titular da Seduc lembrou que o Governo do Estadual vai colaborar e apoiar logisticamente a realização das conferências nos 62 municípios do Amazonas. “Até o mês de maio as conferências municipais devem ser realizadas e iremos apoiar suas realizações, de maneira prática, mobilizando secretários municipais e prefeitos para a causa”, completou Rossieli, destacando a participação de representantes sindicais e movimentos estudantis no evento que marcou o início dos trabalhos.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam), professor Marcos Libório, ressaltou a importância das conferências para a comunidade educacional lembrando que os temas em pauta são altamente pertinentes.

O tema da Conferência Nacional de 2014 será “O Plano Nacional da Educação na Articulação do Sistema Nacional de Educação: Participação Popular, Cooperação Federativa e Regime de Colaboração”. O tema é o mesmo a ser trabalhado pelos Estados e municípios.

Segundo representantes do fórum estadual, as conferências são espaços para se debater e apresentar propostas para a melhoria da educação. Os eventos serão abertos a todos os segmentos da sociedade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.