Comércio poderá abrir 5 mil vagas de temporários neste final de ano

Amazonianarede/Aca

Manaus – Com a aproximação das festas de fim de ano, o comércio amazonense espera abrir cerca de cinco mil vagas na capital na condição de “temporários” e destes, no final do ano, após as festas, muitos poderão ser efetivados nos cargos, por isso, os contratados estarão em constante observação nas lojas.
Apesar disso, muitas vagas não deverão ser preenchidas, fato que chega a preocupar os lojistas. Muitas oportunidades do comércio de Manaus devem ficar vazias mesmo com a tradicional oferta de cargos temporários para atender à demanda de fim de ano. A falta de qualificação da mão de obra é o principal motivo que faz o presidente da Associação Comercial do Amazonas (Aca), Ismael Bicharra, acreditar que não serão preenchidas as vagas disponíveis este ano.

“Nós, do comércio, estamos passando por uma situação complicada. Se vê muitas empresas colocando placas informando que há vagas. O comércio está tentando admitir pessoas e não está conseguindo porque não há mão de obra qualificada”, ressaltou Bicharra.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDLM) prevê a contratação de cinco mil trabalhadores para atuar neste fim de ano, mas o presidente da instituição, Ralf Assayag, também menciona a falta de qualificação profissional. “Nós temos um quantitivo de cerca de três mil vagas disponíveis, mas temos as oportunidades e não temos as pessoas. O treinamento está sendo feito de todas as maneiras, mas mesmo assim a mão de obra não é suficiente”, disse.

A oferta de emprego também é alta nos centros comerciais da capital. O Amazonas Shopping, localizado na Zona Centro-Sul, emprega 2.800 funcionários. Para o fim de ano, a presidente da Associação dos Lojistas do shopping, Mercedes Brás, disse que a previsão é que haja um aumento de 20% nos postos de trabalho.

“Vamos precisar de quase 600 funcionários novos para diferentes cargos: vendedor, estoquista e gerente. As contratações começam em outubro, porque precisamos treinar os funcionários e adequá-los aos novos empregos. 90% das lojas vão abrir novas vagas”, afirmou Mercedes.

Já no Studio 5 Mall, os lojistas precisaram de um aumento de 25% no número de novos funcionários voltados ao setor de entretenimento. “A partir da segunda quinzena de dezembro, há a mudança de movimento no shopping e precisamos de mais gente para o boliche, cervejaria e cinema”, explicou o superintendente do Studio 5, Diógenes Costa

Dos três shoppings localizados na Zona Centro-Sul, o Manaus Plaza ainda não divulgou a expectativa de abertura de vagas para o fim do ano. No Millenium Shopping, há a previsão de 300 vagas abertas, gerando um aumento de 20% no fluxo de vendas do centro comercial. Já o clube dos lojistas do Manauara Shopping estima um crescimento de 20% no número de funcionários.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.