Com time modificado, Brasil vence Austrália novamente e mantém 100% na Liga Mundial

O Brasil, lidera folga a sua chave na liga Mundial
O Brasil, lidera  folga a sua chave na liga Mundial
O Brasil, lidera folga a sua chave na liga Mundial

S.Bernardo, SP – O Brasil segue com 100% de aproveitamento na Liga Mundial. Na manhã deste domingo, a Seleção masculina conquistou sua quarta vitória consecutiva ao derrotar, com autoridade, a Austrália, por 3 sets a 0, com parciais de 31/29, 25/19 e 25/19, no lotado Ginásio Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Com o resultado, a Seleção Brasileira lidera, de maneira isolada, o Grupo A, com 11 pontos. A Itália aparece na segunda posição, com seis unidades, seguida pela Sérvia, com 4. A Austrália é a lanterna, com quatro reveses em quatro jogos. Italianos e sérvios entram em quadra ainda neste domingo, às 13h10 (de Brasília), completando a quarta rodada.

Esta é a segunda vitória do time de Bernardinho sobre os australianos na competição. Na ultima sexta-feira, o Brasil bateu a equipe da Oceania em quatro sets. O técnico cumpriu neste domingo o quarto dos dez jogos da suspensão relativa ao Mundial da Polônia de 2014. O comandante voltará a atuar normalmente no começo de julho, quando a Seleção enfrenta a Itália em Cuiabá. Enquanto isso, Roberley Leonado, o Rubinho, dirige o time verde e amarelo.

Agora, a Seleção viaja à Sérvia para enfrentar o time local nos dias 12 e 14, sexta-feira e domingo, antes de encarar Itália e Austrália também longe de seus domínios. O Brasil encerra sua participação nesta primeira fase da Liga Mundial contra a Itália, em Cuiabá, no começo de julho. A equipe brasileira já está classificada por ter o Rio de Janeiro como sede da fase final da competição. Buscando um rodízio entre os jogadores para formar a equipe titular no decorrer da competição, Rubinho mandou à quadra um time diferente daquele do primeiro jogo, sendo os titulares: Isac, Éder, Lucas Loh, Wallace, William e Serginho.

Eficiente no ataque e bem posicionado na defesa, o Brasil começou bem a partida e abriu 11/5 com facilidade, provocando o tempo técnico australiano. A bronca funcionou, os visitantes equilibraram o jogo e chegaram ao empate em 16/16.

Sentindo mais dificuldade na parte ofensiva, Rubinho mandou Lucarelli para a quadra e o ponteiro entrou bem, sendo o atacante mais acionado desde então. No entanto, por outro lado Thomas Edgar, melhor jogador da Austrália, equilibrava as ações. Após uma série de empates e sete set points, o Brasil enfim fechou a parcial no saque de Raphael com 31/29.

Após um início muito equilibrado, o Brasil abriu 16/12 com ótimas atuações de Lucarelli, Wallace e Isac. O ritmo da Seleção continuou forte e, sem dar chances de reação para os australianos, fechou o segundo set com um tranquilo 25/19.

Firme no saque e bloqueio, o Brasil acuou os australianos, que seguiam muito dependentes dos ataques de Thomas Edgar. Com o atacante bem marcado pela defesa brasileira, os comandados de Rubinho não tiveram problemas para fechar a partida com uma pancada de Lucarelli (25/19).

Amazonianarede-ESPN

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.