Com equipes em formação, Vasco e Fla fazem primeiro bom teste do ano

Amazonianarede – Globoesporte.com

Rio – Único time com 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca, o Vasco encara o Flamengo nesta quinta-feira, às 19h30m, no Engenhão. O clássico pela quarta rodada da Taça Guanabara tem como atrativos o duelo entre Bernardo – artilheiro da competição com quatro gols – e Hernane – herói da vitória rubro-negra no último domingo – e a motivação de um rival tentar acabar com a invencibilidade do outro na fase inicial da competição. Com os dois times ainda em formação, o duelo será marcado pela rivalidade no primeiro teste importante da temporada.

Apontado antes do início da competição como a quarta força entre os grandes, o Vasco chega ao clássico com o moral elevado por sua trajetória no primeiro turno do estadual. Além dos nove pontos em três jogos – o que significa a liderança isolada do Grupo A -, a equipe tem o melhor ataque da competição, com 11 gols marcados.

Dessa forma, apesar da mudança escalação – com a entrada de Leonardo no lugar de Carlos Alberto, machucado -, Gaúcho promete não mudar a filosofia ofensiva do Vasco, apesar dos cuidados naturais de um clássico. O treinador lembra que a equipe vai ao gramado do Engenhão com a motivação em alta, embora não seja um clássico decisivo.

– Esse jogo diz tudo. Ele me marcou muito como jogador. Eu fazia uma preparação especial. Todo mundo aposta o que pode nesse clássico. É um jogo diferente – definiu Gaúcho.

O Rubro-Negro soma sete pontos, sendo duas vitórias sobre Quissamã (2 a 0) e Volta Redonda (1 a 0), e um tropeço diante do Madureira (1 a 1). Ainda em formação, o time busca regularidade nas atuações. Entre jogadores e comissão técnica existe a certeza: uma vitória sobre o rival, além de elevar o moral da equipe, servirá como grande passo para a classificação para a semifinal da Taça Guanabara.

Pelo Flamengo, a esperança de gols novamente está nos pés de Hernane, que fez três gols em três partidas. O atacante espera balançar a rede para ficar marcado na história de Vasco x Flamengo:

– Fazer um gol no clássico, ainda para mim, que cheguei ao Flamengo meio desacreditado, será muito importante para o resto da minha vida.

Wagner do Nascimento Magalhães apita o clássico, auxiliado por Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Michael Correia

Vasco: Leonardo será a única novidade em relação à equipe que iniciou as duas últimas partidas. O centroavante substitui Carlos Alberto, machucado. Assim, o Vasco passará a contar com uma referência na área, com um jogador de função complementar à de Eder Luis. No banco de reservas, Tenorio será relacionado pela primeira vez na temporada. O Vasco deve iniciar o clássico com a seguinte formação: Alessandro, Abuda, Dedé, André Ribeiro e Wendel; Fillipe Soutto, Pedro Ken, Jhon Cley e Bernardo; Eder Luis e Leonardo.

Flamengo: nas três primeiras rodadas, Dorival Júnior manteve a base e o esquema com três atacantes. Na última rodada, o time teve as estreias de Elias e João Paulo. Pelo coletivo comandado na véspera do clássico, o técnico pode manter o esquema ofensivo, mas com uma mudança no meio-campo. A provável formação rubro-negra: Felipe, Léo Moura, Renato Santos, González e João Paulo; Cáceres, Ibson (Cleber Santana) e Elias; Rafinha, Hernane e Nixon.

Vasco: Carlos Alberto é desfalque por causa de um estiramento na coxa esquerda. Elsinho e Thiago Feltri ainda se recuperam de lesões e também estão fora. O lateral-esquerdo Yotún ainda não foi registrado e estará disponível apenas na Taça Rio. O recém-contratado Nei ainda está em processo de recondicionamento físico.

Flamengo: um grupo de jogadores ainda continua fazendo treinos de pré-temporada e está fora. Alex Silva, Gabriel, Carlos Eduardo e Adryan não foram relacionados. Mattheus, em negociação com Juventus, também está fora.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.