Com as eleições de hoje, argentinos colocam fim na era Kirchner

Eleições na Argentina encerrarão uma era politicvv
Eleições na Argentina encerrarão uma era politicvv
Eleições na Argentina encerrarão uma era politicvv

Argentina – Os três principais candidatos a presidente da Argentina, o governista Daniel Scioli e seus rivais Mauricio Macri e Sergio Massa, votaram neste domingo de manhã, antes de os “Pumas”, seleção nacional de rugby, enfrentarem a Austrália na semifinal do campeonato mundial.

Scioli, 58, campão mundial de motonáutica nos anos 1990, fez alusão ao espírito dos jogadores quando apareceu para votar em Villa La Ñata, sua base eleitoral na província de Buenos Aires, que governa desde 2007.

“Contagiemo-nos pelo espírito dos Pumas”, afirmou. “Eles são em minha opinião o que deve ser a Argentina, com essa garra, esse orgulho, essa força para levar a camisa argentina.”

Seu principal adversário, o prefeito conservador de Buenos Aires, Mauricio Macri, 56, também se referiu à seleção e a sua surpreendente chegada à semifinal do mundial na Inglaterra.

“Vou almoçar com meus filhos no rancho e obviamente vou ver os Pumas, que são um exemplo da Argentina que queremos”, afirmou o político, que se disse esperançoso com o resultado da eleição e da copa de rugby.

Cercado de jornalistas que atrapalhavam sua entrada no local de votação, disse: “Não sei se eu estou pior com vocês do que os Pumas com os australianos”.

O terceiro candidato mais bem colocado nas pesquisas, Sergio Massa, 43, contou no sábado que foi jogar futebol com amigos para controlar a ansiedade pré-eleições. O esporte é o preferido não só dele, mas também dos outros dois candidatos.

“Volto a repetir: hoje, o mais importante, se queremos construir um país novo, é que respeitemos a lei”, afirmou. “Acreditamos que hoje nasce uma nova Argentina; encerra-se uma etapa e se inicia outra.”

Fim da era Kirchner

Os candidatos mais cotados nas pesquisas
Os candidatos mais cotados nas pesquisas

Mais de 32 milhões de argentinos devem comparecer hoje às urnas para votar para presidente em uma eleição que, pela primeira vez em 12 anos, não há candidatos com o sobrenome Kirchner.

Além de presidente e vice-presidente, os argentinos elegerão parlamentares e representantes do Mercosul. Em 11 províncias também serão eleitos governadores e outras autoridades, tudo em uma única cédula.

Conforme manda a lei eleitoras, neste domingo impera a lei seca e a proibição de manifestações em lugares públicos, o que atrapalhou planos daqueles que pretendiam ver o jogo de rugby em festas públicas.

O jogo começou às 13h (hora de Brasília) e está sendo transmitido na TV aberta, o que não é comum. Menos popular que o futebol, o rugby costuma ficar relegado à TV a cabo no país.

Amazonianarede-France Press

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.