Com Antonio, dias melhores virão na etapa juvenil das olimpíadas escolares, em Cuiabá (MT)

Antonio Dias de Souza Neto
Antonio Dias de Souza Neto
Amazonianarede – Sejel

Manaus – Chegar à grande final da prova dos 50m peito é o sonho de consumo do nadador Antonio Dias de Souza Neto, 15, um dos 159 atletas do Amazonas inscritos na etapa juvenil (15 a 17 anos) das Olimpíadas Escolares 2012, que acontecerão de 25 de novembro a 8 de dezembro, em Cuiabá (MT).

“Essa será minha segunda participação nas Olimpíadas Escolares, que é um evento com nível técnico muito forte. Ano passado, disputei a etapa infantil em João Pessoa, onde peguei uma boa experiência. Agora, o objetivo é baixar meu tempo e chegar à final dos 50 m peito”, disse o estudante do 1º ano do Ensino Médio na Escola Nilton Lins e nota 10 nas aulas de Matemática.

O atleta tem três anos de natação. Antonio Dias começou em 2010 no Colégio Dom Bosco, depois passou pelo La Salle e hoje integra a equipe da Nilton Lins, do técnico Leandro Freire.

ANO DE GLÓRIAS

A temporada 2012 tem sido vitoriosa, com conquistas importantes, como a medalha de ouro nos 100m peito no Campeonato Norte-Nordeste de Clubes, este ano, em Manaus. O jovem nadador amazonense, que mora no Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, também brilhou este ano no Troféu Leônidas Marques, no Maranhão, com a prata nos 50m peito e nos 100m livre, e o bronze nos 50m peito e nos 200m medley.

Nas Olimpíadas Escolares 2012, o nadador disputará também os 100m peito. Para chegar novamente ao pódio em âmbito nacional, Antonio Dias treina diariamente duas horas por dia na Nilton Lins. Nos 50m peito, seu melhor tempo é 34 segundos, enquanto nos 100m peito a melhor marca é 1min15seg.

“Não tem feriado nem domingo. Todo dia tem treinamento pesado com o professor Leandro”, finaliza o Antonio, com a certeza que Dias melhores virão em Cuiabá.

CRONOGRAMA DO EVENTO

A primeira parte da delegação do Amazonas embarca neste sábado, 24 de novembro, com os competidores de seis modalidades: atletismo, ginástica rítmica, judô, vôlei de praia, tênis de mesa e taekwondo. No dia 29, quinta-feira, embarca a turma do ciclismo, futsal, natação, vôlei de quadra e xadrez. No dia 3 de dezembro é a vez dos atletas do basquete e do handebol viajarem para a maior competição entre estudantes do Brasil.

NÚMEROS DA COMPETIÇÃO

Cerca de 6.000 atletas, treinadores, árbitros e voluntários, entre outros, estarão envolvidos com as Olimpíadas Escolares 2012. Ao todo, 1.217 escolas públicas e particulares do País participam da competição. Somente entre atletas, quase 4.000 mil jovens dos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal e de uma delegação da cidade anfitriã se reunirão para o evento que une esporte, educação e cultura.

Além das disputas em 13 modalidades (atletismo, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez), os alunos/atletas terão uma intensa programação de atividades paralelas, com destaque para a presença de ídolos do esporte olímpico nacional, que atuarão como embaixadores, transmitindo suas experiências para a nova geração do esporte nacional.

Maior evento de esporte estudantil do País, as Olimpíadas Escolares revelaram 17 atletas para o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Londres 2012. O evento foi o responsável pelo surgimento de medalhistas olímpicas como as judocas Sarah Menezes e Mayra Aguiar, das finalistas olímpicas Rosângela Santos e Ana Cláudia Lemos, do atletismo, e do semifinalista Leonardo de Deus, da natação. Além destes, atletas de handebol, futebol feminino e basquete deram seus primeiros passos esportivos nas Olimpíadas Escolares.

A edição de Cuiabá das Olimpíadas Escolares marcará a estreia de uma das modalidades que mais trazem medalhas para o Brasil em Jogos Olímpicos: o vôlei de praia. “O vôlei de praia tem muita identificação com a juventude, por isso não poderia ficar de fora da maior competição escolar do país. Temos potencial para difundir ainda mais a modalidade entre os jovens e criar uma base de promissores talentos para brilharem em competições internacionais no futuro. As inscrições para a etapa nacional foram muito satisfatórias. Teremos 20 duplas no feminino e 24 no masculino”, destacou Edgar Hubner, gerente-geral de Juventude e Infraestrutura do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.