Clássico BA-VI reinaugura hoje a Fonte Nova

Salvador, BA – O Ba-Vi mais emocionante de todos os tempos perdurou por seis anos como o último clássico da Fonte Nova.

Foi em um dia 22 de abril de 2007 que o Vitória venceu o rival por 6 a 5, com direito a um gol aos 49 minutos do segundo tempo, em um dos jogos mais impressionantes da história recente do futebol brasileiro.

Na época, o ‘Ba-vi do século’ ficou famoso pela emoção. Meses depois, ele ficaria marcado, também, por ser a última partida entre os rivais na Fonte Nova. Ainda naquele ano, o estádio seria interdidato após um acidente que matou sete torcedores, em um duelo entre Bahia e Vila Nova. Em 2010, a Fonte Nova foi demolida para dar lugar a uma nova arena.

Neste domingo, Bahia e Vitória voltam a se enfrentar no maior palco do futebol baiano – eles serão a atração principal na inauguração da Itaipava Arena Fonte Nova, o estádio de Salvador para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo.

O duelo entre os dois maiores clubes baianos começará às 16 horas. Antes, às 14h30, haverá um número musical com participação de Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Margareth Menezes e outros artistas locais – o Olodum tocará o hino nacional.

A Itaipava Arena Fonte Nova deve receber pouco mais de 40 mil pessoas no duelo deste domingo, com a carga de ingressos divida entre as duas equipes – o Bahia terá cerca de 23 mil ingressos, e o Vitória, em torno de 17 mil. A capacidade da nova arena é de 50 mil pessoas e subirá para 55 mil durante a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, com a instalação de arquibancadas modulares.

Na sexta-feira, a presidenta Dilma Rousseff esteve no estádio, onde deu um pontapé inicial simbólico; no sábado, uma fita que fazia alusão às pulseiras do Senhor do Bonfim foi rompida no entorno do estádio, com a intenção de mostrar que o desejo dos baianos havia se materializado.

Momentos diferentes – Em meio à festa pela abertura da nova arena, os dois rivais precisam, também, concentrar-se na partida. E o Vitória chega em melhor momento para o duelo. O time rubro-negro tem 9 pontos em trës jogos e lidera o Grupo 2 do estadual; o Bahia, com 5 pontos também em três partidas, está na ponta do Grupo 1.

Mas os números mostram pouco do momento distinto das duas equipes. No Bahia, Jorginho terá problemas para escalar o time. O lateral esquerdo Ávine, com uma lesão de grau 1 na panturrilha, está fora do clássico. Já o zagueiro Titi, com dores musculares na coxa, virou dúvida. Quase certo é que o ataque titular será formado por Adriano Michael Jackson e Obina.

No Vitória, o técnico Caio Júnior não deve encontrar grandes dificuldades para mandar o time a campo. Em três jogos até agora, foram três vitórias, oito gols marcados e dois sofridos.

Fonte – Lancenet

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.