Cesta básica fecha com alta de 4,97% e a banana foi a grande vilã

O conceito mudou: Agora, preço de banana é caro

 

O conceito mudou: Agora, preço de banana é caro
O conceito mudou: Agora, preço de banana é caro

Manaus, AM – O antigo ditado popular que considerava o preço baixo de um produto como “preço de banana”, deixou de valer há muito tempo no Amazonas.  agora, preço de banana, sem nenhuma dúvida, significa preço caro.

E por fala em banana, esse foi o produto considerado o grande vilão no aumento do preço da cesta básica em Manaus  Ela subiu pelo segundo mês consecutivo em maio. De acordo com os dados do Dieese, seu preço médio na capital amazonense foi de R$ 383,72 para R$ 386,08 – uma alta de 0,62%. De janeiro até agora, a cesta subiu 4,97%, se colocando acima da inflação estimada para o ano.

Novamente, a vilã da vez é um produto fundamental na mesa do consumidor local: a banana. Somente no mês de maio, em comparação com abril, ela subiu 6,02%. No acumulado do ano, essa alta foi de 51,81% – de longe, a maior dentre os 11 produtos que compõem a cesta básica.

Assim como ela, o pão e a farinha também apresentaram aumentos expressivos no mês: 3,45% e 2,99%, respectivamente. A farinha, em especial, subiu 45,66% desde janeiro, só ficando atrás da banana nesse aspecto.

Segundo o Dieese, essas subidas notórias no acumulado do ano se devem a problemas de produção e distribuição que, espera-se, sejam resolvidos no segundo semestre.

Relatório

O relatório do Dieese apontou que, dos 11 produtos da cesta básica, cinco subiram de preço, seis caíram de preço e um, o açúcar, não apresentou alterações. Os que tiveram aumento foram a banana, o pão, a farinha, o feijão e o leite. Por sua vez, manteiga, carne, óleo, café, arroz e tomate tiveram queda.

No ranking das capitais com cestas mais caras, Manaus subiu uma posição de abril para maio, indo do 14º para o 13º. Dentre as 27 capitais, ao todo, 17 perceberam aumento e 10 tiveram queda no preço de suas cestas.

Amazonianarede-Dieese

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.