Cesta básica compromete mais de um salário no Pará

09-12cestaBelém, PA – Após quatro meses consecutivos de quedas, a alimentação básica dos paraenses voltou a apresentar reajuste, com alta de 1,22% em novembro, em relação ao mês de outubro.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA), em novembro, o custo da cesta básica para uma família padrão paraense, composta de dois adultos e duas crianças, ficou em R$ 906,84, sendo necessários cerca de 1,25 salários mínimos para garantir as mínimas necessidades do trabalhador e sua família, somente com alimentação.

Se levados em conta somente os produtos que compõem a cesta, segundo pesquisa do Dieese, o paraense pagou R$ 302,28 e comprometeu na sua aquisição aproximadamente 45% do salário mínimo em vigor, que é de R$ 724,00.

Entre os produtos que alavancaram o aumento do preço da cesta, o destaque é para a carne bovina, com reajuste de 4,23%, seguida do tomate, com alta de 2,50%, leite (1,88%), pão (0,62%) e arroz (0,49%).

Alguns produtos continuaram apresentando quedas, como o feijão, com recuo de 6,18%, manteiga (1,32%), do óleo de cozinha (0,63%) e o Café, com recuo de 0,54%.

(DOL, com informações do Dieese/PA)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.