Cem anos do Nacional lembrados pela Assembleia

Amazonianarede – Aleam

Manaus – A Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) homenageou o centenário do Nacional Futebol Clube numa Cessão de Tempo proposta pelos deputados estaduais Marcos Rotta (PMDB) – que relembrou a história do clube de futebol mais tradicional do Amazonas – e Tony Medeiros (PSL). A Cessão foi dirigida pelo presidente da Casa, Ricardo Nicolau (PSD).

Além de torcedores e ex-atletas do “Leão da Vila Municipal”, como é conhecido o time, a Cessão de Tempo contou com a presença do governador do Estado, Omar Aziz (PSD), que foi homenageado com uma placa por ter sido ex-presidente do Nacional. Também foram homenageados o presidente do time, o vereador Luiz Mitoso (PSD), os ex-presidentes Manoel do Carmo Chaves Neto- o Maneca, e o procurador Evandro Farias, o ex-jogador Fausto Souza (PSD), que preside a Comissão de Esporte da ALEAM, além do atleta Robson Ferreira da Silva Garanha.

Nos cem anos de existência do Nacional Futebol Clube, que serão completados no dia 13 de janeiro de 2013, o time foi o que mais disputou o campeonato estadual com 86 participações, e também o maior vencedor, com 40 títulos. A equipe amazonense já esteve na Série A do Brasileiro em quatro oportunidades.

“A homenagem é justa, uma vez que a história do clube é marcada por muitas conquistas, inclusive, em âmbito nacional, além de ser detentor da maior torcida do Estado”, disse Marcos Rotta, ressaltando a importância de dividir a homenagem com o deputado Tony Medeiros. “Reconhecer o trabalho e o esforço do Nacional é promover também uma ampla discussão a respeito do revigoramento do futebol amazonense, que terá nova Arena no fim do próximo ano”, acrescentou Rotta.

Tony Medeiros se disse honrado em homenagear o Nacional, cuja primeira paixão pelo time foi por meio do rádio. Na década 1980, quando veio para Manaus estudar no Colégio Agrícola, foi aluno do professor Leônidas Morada, amigo do Maneca, que levava seus alunos à sede do Nacional nos fins de semana. “Me sinto extremamente honrado em participar dessa homenagem a um time que deu muita alegria a seus torcedores”, disse.

Novas disputas

O governador Omar Aziz, que é nacionalino, destacou o fato da ALEAM reconhecer a importância do Nacional para o Amazonas, destacando que “não é qualquer time no Brasil que completa cem anos, dos quais 41 campeonatos”.

Segundo Aziz, nada mais justo do que os deputados Marcos Rotta e Tony Medeiros homenagearem o Nacional. “Espero que no próximo ano o Nacional esteja disputando na Série C para ir para a B em 2014”, disse, informando que a Arena da Amazônia será inaugurada em dezembro de 2013. “Teremos quatro jogos antes da Copa de 2014, como determina a Fifa”, informou.

Na opinião de Manoel do Carmo Chaves Neto, que ficou na presidência do Nacional por oito anos e atuou mais quatro como assessor da presidência do clube, conquistando 11 campeonatos. Também foi atleta do clube, conquistando vários títulos. “O Nacional foi campeão de um torneio que teve a presença de times da Colômbia”, disse, lembrando também da vitória contra um time de Bogotá.

Maneca avalia que o futebol amazonense está hoje na dependência da Arena da Amazônia, mas que é preciso planejar atividades constantes durante o ano inteiro. “Isso é possível fazer, no passado fazíamos no Estádio Vivaldo Lima, que sediou jogos de várias equipes do país como do Flamengo, Vasco, além de clubes internacionais.

O presidente do Nacional, Luiz Mitoso, considerou uma belíssima homenagem, por se tratar de um time que completa cem anos com uma história bonita. “Em 11 de janeiro de 1913, 11 garotos se juntaram, formaram um time e a partir daí foram acumulados 41 títulos estaduais, uma marca invejável, que poucos clubes alcançaram no futebol”, mencionou, agradecendo a Casa pelo reconhecimento e a torcida por ter acompanhado a trajetória do time nos cem anos de existência.

Para o juiz de direito Luiz Claudio Cabral Chaves, que representou o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), disse que falar do nacional “é um momento ímpar, porque é algo que está dentro dele, cuja estrela azul do time fez azul o seu coração, do qual foi atleta desde pequeno. É um dia especial para rememorarmos tudo isso”, comentou.

O deputado estadual Fausto Souza (PSD), presidente da Comissão de Esporte da ALEAM, disse que participar dessa homenagem o faz lembrar quando iniciou no time, no juvenil – antes, havia passado pelo Rio Negro -, onde conseguiu vários logros, porque foi campeão no time por sete vezes, sendo três no juvenil.

Trajetória do time

O Nacional Futebol Clube foi o primeiro clube da Região Norte a disputar a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, em 1972 ao lado do Clube do Remo do Pará, e é a equipe amazonense que mais disputou o Campeonato Brasileiro da 1ª Divisão, disputando um total de 14 edições da competição, sendo que sua última participação no torneio foi em 1986, sendo o único de quatro clubes da Região Norte a chegar a segunda fase daquele ano.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.