Campanha combate a pirataria em Roraima

(Reportagem: Ricardo Gomes)

O Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), em parceria com a Delegacia da Receita Federal em Roraima, promove em Boa Vista a Semana de Combate à Pirataria.

O evento é parte da campanha nacional “Viva a Originalidade: Pirata tô fora!”, projeto do Sindireceita iniciado em 2005.

A solenidade de abertura da Semana de Combate à Pirataria acontece amanhã, às 9h, no Palácio da Cultura. A presidente do Sindireceita, Sílvia de Alencar, participa da programação que contará com a presença de várias autoridades locais. “Durante a Semana, vamos mostrar para a sociedade os riscos e prejuízos que a pirataria gera ao País. Teremos também a oportunidade para discutir novas ideias para o desenvolvimento de Boa Vista e região. Precisamos mostrar que, ao valorizar produtos originais, é possível gerar renda e emprego”, disse.

Segundo o delegado da Receita Federal em Roraima, Omar Rubim, a exemplo de outros Estados, e principalmente por estarmos em uma área fronteiriça entre dois países, a conscientização e o engajamento da população quanto à não adesão de produtos pirateados, é essencial para o sucesso da campanha que vem percorrendo todos os estados brasileiros.

“Pela relevância da campanha em alertar a população sobre o risco na aquisição de produtos falsificados, piratas e contrabandeados, uma vez que os mesmos não respeitam as normas técnicas brasileiras nem tem garantia, e em alguns casos apresentam risco à saúde e segurança dos consumidores, realizamos o convite ao Sindreceita para intensificarmos esta ação em Roraima. Estaremos estendendo a campanha até o município de Pacaraima, uma vez que a maioria dos produtos são oriundos da Venezuela”, informou.

No dia 19, à tarde, será realizada uma caminhada no Centro Comercial Caxambu, com panfletagens e distribuição de material de conscientização aos consumidores. A campanha prevê também atividades em escolas da capital e na Universidade Federal de Roraima, motivando os gestores, docentes e discentes da rede de ensino pública e privada para o combate à pirataria, como forma de expandir o conhecimento sobre o tema, fornecendo dados relevantes a este público formador de opinião.

O Sindireceita fez diversas ações em todo o país, que foram incluídas em um relatório de atividades do Ministério da Justiça entre as principais ações educativas em andamento no Brasil e integrou o esforço olímpico pela candidatura do Rio de Janeiro como cidade-sede dos jogos em 2016. A cada dia, também aumenta a mobilização de educadores, microempresários e de representantes de multinacionais e entidades de classe interessados em ajudar no combate à pirataria no Brasil. A campanha “Pirata: tô fora!” foi reconhecida como a Melhor Ação Educativa desenvolvida no país em 2012.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.