Câmara nega medalha a Bi Garcia

Bi Garcia

Bi Garcia

Amazonianarede – Tadeu de Souza

Parintins – O vereador Juliano Santana (PDT) propôs a concessão da Medalha do Mérito Legislativo Raimundo Almada, a mais alta honraria que a Câmara Municipal concede a personalidades que contribuíram com o desenvolvimento do município, ao prefeito Frank Bi Garcia e ao Vice Messias Cursino.

Havia, segundo Juliano Santana, um acordo entre os 11 vereadores para que o projeto fosse aprovado por unanimidade. O acordo foi quebrado. Passou a homenagem ao Messias e a de Garcia não.

“É lamentável pelo volume de obras que o prefeito Frank Bi Garcia realizou ao longo de oito anos de gestão, projetando a cidade pelo seu crescimento”, reagiu Santana.

A propósito desse assunto, amanhã vou contar um fato que testemunhei quando o governador Henoch Reis estava deixando o governo.

A POSIÇÃO DE RAIMUNDO REIS

A posição mais lúcida e sábia dessa fase da política tupinambarana é inegavelmente do senhor Raimundo Reis, um bancário que se elegeu prefeito de Parintins em 1976 derrotando o jovem economista Gerson Teixeira.

A candidatura de Teixeira era apoiada pelo governador Henoch Reis, senador José Esteves e os deputados Gláucio Gonçalves Rafael Faraco, estadual e federal respectivamente.

Pois bem, enquanto se ouve na imprensa tanta gente se arvorando em “donos e donas” da nova gestão que se inicia em janeiro, Reis guarda um solene e sagrado silêncio.

Mas, é um silêncio que fala.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.