Câmara dos Deputados instala mais três CPIs e deixa PT de fora de cargos importantes

Dep. Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados
Dep. Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados
Dep. Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados

Brasilia – O Congresso instalou, nesta quinta-feira (6), mais três CPIs, aumentando a temperatura política em Brasília. Na Câmara, os deputados aprovaram as contas do ex-presidente Itamar Franco, que governou o Brasil de 1992 a 1994.

Uma vez votadas as contas dos ex-presidentes, fica aberto o caminho para que o Plenário vote também as contas da presidente Dilma Rousseff, analisars e houve algum tipo de manobra para melhorar o desempenho do governo no ano passado.

Hoje de manhã foram instaladas três novas Comissões Parlamentares de Inquérito aqui na Câmara: uma para investigar os crimes cibernéticos, outra os maus tratos contra os animais e uma terceira os empréstimos do BNDES. E o PT ficou de fora dos principais cargos de comando das comissões.

Quando os deputados chegaram para instalar a CPI do BNDES, tudo já estava acertado. Em uma manobra costurada no início da semana, deputados da oposição e até da base governista se juntaram para deixar o PT de fora do controle das investigações.

Não deu outra e o deputado Marcos Rota, do PMDB do Amazonas, foi eleito presidente com 22 votos. Nenhum contra, nem mesmo do PT. O relator é José Rocha, do PR da Bahia. Coube ao PT apenas a segunda vice-presidência da Comissão, ocupada por Carlos Zarattini, de São Paulo.

O PT evitou falar em isolamento e traição. “Não se trata de traição, se trata de que nós temos a serenidade de que essa CPI muito rapidamente chegará a resultados que hoje já são públicos, de que não só foram lícitos, como oportunos e necessários para o Brasil os procedimentos conduzidos à frente do BNDES”, diz o deputado Afonso Florence, do PT-BA.

O presidente da CPI, deputado Marcos Rotta, do PMDB-AM, disse que é legitimo o PMDB ficar com o principal cargo: “O PT precisa entender e ter o seu compromisso com o país. Se ele perdeu um pouco do espaço que tinha, se ele perdeu a grandiosidade que tinha, ele precisa trabalhar pra reverter isso”.

A CPI vai investigar os empréstimos feitos pelo banco entre 2003 e 2015, que teriam provocado prejuízo ao interesse público.

Já na CPI dos crimes cibernéticos, a eleição do presidente foi adiada para a próxima semana, por causa de uma disputa entre o PT e o PPS. Os dois partidos querem ficar com a primeira vice-presidência da comissão.

Os líderes aliados reclamaram da relação com o Palácio do Planalto e dois partidos governistas anunciaram que vão votar de forma independente e o governo sofreu a terceira derrota seguida em votações nessa semana. A última foi a aprovação a proposta que vincula o aumento dos servidores da Advocacia Geral da União e dos delegados federais ao dos ministros do Supremo Tribunal Federal.  Se for aprovada desse jeito, deve aumentar em R$ 2,5 bilhões por ano os gastos do governo.

Amazoniqnqre-Sistema Globo

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.