Briga em Brasília tem saldo de três feridos e quatro corintianos presos

(Amazonianarede – Terra)

Em nota oficial divulgada na noite deste domingo, o governo do Distrito Federal informou que quatro torcedores de uma organizada do Corinthians foram presos após uma briga generalizada entre fãs corintianos e do Vasco na arquibancada superior do Estádio Mané Garrincha, no intervalo da partida que terminou em 1 a 1.

Os torcedores foram encaminhados para a 5ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal. No estádio, foram atendidos três feridos, todos sem gravidade: dois torcedores e um policial.

De acordo com a Coordenadoria de Comunicação para a Copa, a segurança do estádio foi feita por 800 policiais, além de outros 300 funcionários de uma empresa privada. Os brigões foram identificados pelas câmeras do sistema de monitoramento do estádio da capital federal.

Além da prisão dos corintianos, a briga ainda pode acarretar em outros problemas para as organizadas. O Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o Ministério Público do Distrito Federal foi descumprido, o que deve levar à proibição da entrada dos torcedores com camisas e faixas da torcida que representam no no Estádio Nacional.

A confusão foi iniciada no intervalo do confronto, após a torcida corintiana chegar ao estádio com mais de 20 minutos de atraso. A arena não possuía separações entre torcedores, mesmo com o histórico recente de confusões entre vascaínos e corintianos, que são rivais históricos pela organizada vascaína ser aliada da maior torcida do Palmeiras – em 2009, um corintiano foi morto em confronto entre as duas torcidas na Marginal Tietê e em represália um ônibus da torcida vascaína foi incendiado.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.