Brasileiros facilitam e são presas fáceis para “batedores de carteiras”

Amazonianarede/GPP Brasil

S. Paulo – Apesar das advertências feitas pela polícia, os brasileiros, devido aos costumeiros descuidos continuam, dando muitas brechas para serem roubados, especialmente os homens que costumam carregar as carteiras, com dinheiro e cartões de crédito no bolso de trás, sem maiores cuidados e aí se tornam presas fáceis para os ladrões “batedores de carteiras”.

A revelação é de estudo da GPP Brasil, empresa de origem britânica que ajuda os clientes que perdem bolsas e carteiras a reemitir cartões e documentos extraviados.

Segundo o estudo, dois em cada três brasileiros têm alto risco de ter sua carteira ou bolsa roubadas. A pesquisa mostrou maus hábitos, como o de pessoas que levam a bolsa com o zíper aberto, o que facilita a ação de ladrões. Isso acontece com 52% das mulheres.

O estudo mostrou também, também que 68% dos brasileiros deixam a carteira sobre a mesa ou a bolsa no encosto da cadeira em lugares públicos, hábito considerado perigoso.

Entre os homens, 41% levam a carteira no bolso de trás da calça, facilitando o trabalho de batedores de carteira. A pesquisa revelou ainda que 65% dos brasileiros levam na bolsa ou na carteira mais dinheiro, cartões ou documentos pessoais do que precisam no dia a dia.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.