Brasil joga mal, repete os erros e perde para a França na Liga Mundial

São Paulo – Depois de cinco vitórias nos cinco primeiros jogos, a seleção brasileira masculina de vôlei acabou superada na manhã deste sábado (29.06), para a França. No ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP), o time visitante teve boa atuação e o Brasil perdeu por 3 sets a 1 (27/29, 25/23, 22/25 e 19/25).

A seleção brasileira é líder do Grupo A da Liga Mundial., com 13 pontos. Nas duas primeiras rodadas, a equipe verde e amarela venceu a Polônia e a Argentina e, com mais uma vitória sobre os franceses, segue invicta na competição.

O JOGO

O central Lucão abriu o placar do jogo a favor do Brasil. O Brasil seguiu no comando do placar e, no ace do levantador Bruno, fez 6/4. A França reagiu e deixou o jogo igual em oito pontos. No erro de ataque do time brasileiro, os franceses passaram a frente (10/9). Após bom saque do ponteiro Dante, Eder, de bloqueio, levou o Brasil ao empate em 14/14. A parcial seguiu equilibrada, com as equipes trocando pontos. No bloqueio, a França abriu dois de vantagem (22/20) e Bernardinho pediu tempo. Na volta, o central Le Roux marcou direto de saque e o técnico brasileiro parou o jogo novamente. A equipe francesa fez 24/21 e com bons saques do levantador William, o Brasil encostou em 23/24. Lucão bloqueou e deixou tudo igual em 24 pontos. O final do set foi disputado e, no bloqueio de Le Roux, a seleção da França venceu por 29/27.

O segundo set começou melhor para o Brasil, que fez 3/1. Demonstrando muita vontade e disposição, a seleção verde e amarela chegou ao primeiro tempo técnico com dois pontos de vantagem: 8/6. No bloqueio de Dante, a diferença a favor do Brasil aumentou para 11/8. A partir daí, então, foi o momento da França e os adversários chegaram ao empate em 12 pontos. Assim comono primeiro, o segundo set também seguiu bem disputado.

Com Leandro Vissotto, que havia entrado um pouco antes, o Brasil deixou tudo igual no marcador: 19/19. Após um bonito ponto, quando William buscou a bola no banco de reservas, Vissotto atacou e levou o Brasil a 21/20. E, contando com o apoio da torcida, o time da casa fechou em 25/23.

Lucão fez um bonito bloqueio individual e tirou a vantagem adversária, deixando o placar igual em 4/4. Mas a França buscou, passou a frente e colocou três de vantagem (09/06). No bloqueio de Hardy-Dessources, o time visitante fez 14/10. Com dois pontos de saque do central Lucão, o Brasil encostou em 13/14 e o técnico francês pediu tempo. O set seguiu equilibrado, com pequena vantagem do time francês (23/22). No final, melhor para a França, que venceu por 25/22.

A derrota no set anterior não abateu a seleção brasileira, que entrou na quarta parcial melhor e com vantagem de 4/2. A França tomou a liderança do placar, mas Lucão, no bloqueio individual, fez 7/6. Lucarelli apareceu bem no ataque e ajudou o time do Brasil a colocar dois de vantagem em 10/8. A França virou e com bom desempenho do ponteiro Ngapeth, fez 12/10. A diferença a favor da seleção visitante aumentou ainda mais: 15/11. O Brasil reduziu a vantagem adversária (16/18) e o técnico da França pediu tempo. A equipe visitante voltou com melhor e impôs boa vantagem ao fazer 23/18. No final, melhor para os franceses, que venceram por 25/19.

EQUIPES
BRASIL – Bruno, Wallace, Lucão, Eder, Dante e Lucarelli. Líbero – Mário Jr.
Entraram – William, Maurício, Vissotto, Maurício
Técnico: Bernardinho
FRANÇA – Toniutti, Sidibe, Le Roux, Hardy-Dessources, Ngapeth e Lyneel. Líbero – Grebennikov
Entraram – Moreau, Rafael
Técnico: Laurent Tillie

(Fonte: CBV)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.