Brasil encara o Peru e precisa do empate para seguir na Copa América

O Brasil a um empate, para passar de fase na Copa America Centenário

 

O Brasil a um empate, para passar de fase na Copa America Centenário
O Brasil a um empate para passar de fase na Copa America Centenário

EUA – Seleção, líder do Grupo B, avança para as quartas de final em primeiro sem depender do resultado de Equador e Haiti se vencer. Derrota deverá significar o adeus. A Seleção Brasileira decidirá seu destino na Copa América edição centenária neste domingo, às 21h30 (de Brasília), no Gillette Stadium, em Foxborough. Pela última rodada do Grupo B, os comandados de Dunga encontram um velho conhecido: o Peru de Paolo Guerrero.
Mesmo ainda sem uma fase de grupo brilhante (atuação ruim no empate com o Equador e a goleada “obrigatória” diante do Haiti), a situação da Seleção para o confronto é confortável. Afinal de contas, precisa apenas de um simples empate para conseguir a classificação para as quartas de final.

O triunfo assegura a ponta sem a necessidade de depender do resultado de Equador e Haiti. Caso o Peru quebre o jejum que dura de 1985, é muito provável que a equipe de Dunga seja eliminada de maneira precoce.

– Enfrentamos o Peru numa eliminatória, ano passado na Copa América também. Defende com linhas juntas e sai bem no contra-ataque, mas estamos no melhor momento possível para tentar enfrenta-los e conseguir a classificação – garantiu o lateral Filipe Luís.

Mudanças

Para a partida, Dunga mudará pelo menos duas vezes a equipe que atuou nos dois primeiros jogos. Casemiro, suspenso, será desfalque. Walace e Lucas Lima são os favoritos para assumiu o posto no meio de campo. Já na defesa Miranda deverá assumir o posto de titular.

Marquinhos ou Gil deixariam o time, com o jogador do PSG tendo a maior chance de ser sacado. No ataque, Gabriel pode desbancar Jonas. Dunga fez mistério e não confirmou nada em coletiva.

Já no Peru o técnico Ricardo Gareca manterá a mesma estrutura da partida com Haiti e Equador para tentar superar o Brasil e assegurar a classificação sem depender de Equador e Haiti. Assim como a Seleção, uma derrota provavelmente significará o adeus dos peruanos.

Guerrero segue como a principal referência ofensiva, mas Cuevas também merece atenção. A única dúvida peruana é em relação a Tapia, que está machucado, mas pode atuar. O treinador chileno vai esperar por ele. Se o jogador não tiver condições de jogo, Balbin será o titular.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X PERU 

Local: Gillette Stadium, Foxborough (EUA)
Data-Hora: 11/6/2016 – 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Auxiliares: Nicolás Tarán (URU) e Richard Trinidad (URU)

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Miranda (Marquinhos), Gil e Filipe Luís; Walace (Lucas Lima), Elias, Renato Augusto, Philippe Coutinho, Willian; Jonas (Gabriel) – Técnico: Dunga.

PERU: Gallese; Revoredo, Ramos, Rodríguez e Trauco; Balbin (Tapia), Vilchez, Polo, Flores e Cueva; Guerrero – Técnico: Ricardo Gareca.

Amazonianarede-Lancenet

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.