Botafogo voltar a jogar mal e empata com Audax

Rio de Janeiro – Trio de arbitragem também vive tarde infeliz, ao enxergar pênalti e impedimentos inexistentes.

Longe de fazer um bom jogo, o Botafogo apenas empatou com o Audax em 2 a 2, nesta quinta-feira, em Moça Bonita, pela 12ª rodada do Campeonato Carioca. Com o resultado, o time chegou aos 16 pontos e só um milagre lhe dará a vaga. O Glorioso precisa secar a Cabofriense, que tem 23 pontos e entra em campo também nesta quinta, às 18h30, contra o Volta Redonda. O rival permaneceu na lanterna da competição, com 7 pontos.

A atuação do Glorioso mais uma vez deixou a desejar. Com poucas jogadas de criação e muita lentidão, o time tinha a bola, mas não conseguia chegar ao gol do Audax. Por duas vezes no início do jogo, o volante Gabriel teve a possibilidade de arriscar chutes de fora da área. No entanto, fracassou em ambas. O time de São João de Meriti também utilizava o mesmo expediente, com o meio-campo Willian. Em duas cobranças de falta de longa distância, o camisa 8 assustou. Antes, Balotelli tinha perido a melhor chance do jogo, ao chutar por cima do gol de Helton Leite (substituindo Jefferson, que está com a Seleção Brasileira).

Mesmo sem fazer por onde, aos 26 minutos, o Botafogo abriu o placar. Wallyson fez boa jogada e encontrou Edilson entrando na área. O lateral rolou para o meio e Ferreyra apenas completou para o gol. Contudo, cinco minutos depois o Audax igualou. Sabe como? Em cobrança de falta de Willian. O camisa 8 acertou bom chute de longe, no entanto, o goleiro Helton Leite falhou.

Na segunda etapa, o time laranja foi muito prejudicado logo aos 5 minutos, quando a auxiliar Alessandra Agra viu um impedimento inexistente de Wahsington, que ficou cara a cara com Helton. No entanto minutos depois, o outro assistente, Diogo Carvalho Silva, errou ao ver Gegê adiantado, e beneficiou o Audax.

O Alvinegro seguia desatento e numa bobeada feia da defesa, o lanterna teve a chance de virar o jogo. Balotelli entrou livre na área e rolou para Washington, sem goleiro, chutar por cima do gol. E o castigo veio em seguida. Edilson cobrou falta na cabeça de Marcelo Mattos, que testou no contrapé de Paulo Vitor. 2 a 1 Botafogo.

E, aos 30, quando o Audax teve mais uma chance de empatar, apareceu a assistente Alessandra Agra, que enxergou mais um impedimento inexistente, quando David ficou na cara do gol. Para comprovar que todo o trio de arbitragem estava mal, o comandante da partida, Wagner do Nascimento, também cometeu um erro grave. O árbitro viu pênalti de Helton Leite em Wellington, que Washington cobrou bem e deixou tudo igual.

FICHA TÉCNICA
AUDAX 2 X 2 BOTAFOGO

Local: Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)
Data: Quinta-feira, 5 de março de 2014
Horário: 16h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Diogo Carvalho Silva (RJ) e Alessandra Agra Amorim (RJ)
Cartões amarelos: Thiago Martinelli e Washington (AUD); Gabriel, Julio Cesar, Jorge Wagner e Henrique (BOT)

Gols: Ferreyra 26’/1ºT (0-1), Willian 31’/1ºT (1-1), Marcelo Mattos 17’/2ºT (1-2) e Washington 24’/2ºT (2-2)
AUDAX: Paulo Vítor; David, Leandro Camilo e Thiago Martinelli; Marcão (Agnaldo, 16’/2ºT), Arthur, Yuri, Willian e Matheus Vargas (Welington, 26’/2ºT); Balotelli e Washington (Alê, 40’/2ºT). Técnico: Júnior Lopes.

BOTAFOGO: Helton Leite, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Lucas, 38’/2ºT), Gabriel, Jorge Wagner e Gegê (Bolatti, 20’/2ºT); Wallyson e Ferreyra (Henrique, 33’/2ºT). Técnico: Eduardo Hungaro.

Por: Lancenet

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.