Botafogo marca no fim, conquista Guanabara e dá mais um “vice” ao Vasco

Amazonianarede – Terra

Rio – O Botafogo foi premiado pela insistência ofensiva neste domingo e, com um gol aos 34min do segundo tempo, venceu o Vasco da Gama por 1 a 0 e conquistou o título da Taça Guanabara. Diante de um adversário que atuou recuado durante boa parte do confronto, defendendo a vantagem do empate, o time de General Severiano viu o lateral direito Lucas fazer um belo gol para confirmar presença na final do Campeonato Carioca.

O primeiro tempo terminou sem gols no Engenhão. A melhor oportunidade foi do Vasco, que logo aos 8min viu Éder Luís avançar pela direita e cruzar rasteiro na pequena área. Carlos Alberto apareceu livre, mas finalizou de esquerda para fora do gol de Jefferson.

Podendo jogar pelo empate para se sagrar campeão da Guanabara, o time de São Januário acabou se limitando a defender e tentar explorar os contra-ataques. Desta forma, o Botafogo comandou as ações ofensivas nos 45 minutos iniciais, mas só conseguiu levar perigo a Alessandro nas bolas paradas do holandês Seedorf e do uruguaio Lodeiro.

O segundo tempo continuou com forte pressão do Botafogo, soberano no campo vascaíno. Ainda assim, o goleiro Alessandro fazia boas intervenções para manter o placar no zero e defender o empate favorável ao time cruz-maltino. Um lance que chamou a atenção, porém, foi aos 24min, quando Carlos Alberto demorou para fazer o passe, Bernardo reclamou e os dois colegas de equipe discutiram acintosamente no gramado, sendo separados por Wendel.

Com a bola nos pés, porém, era o Botafogo quem dava sinais de nervosismo na metade final da segunda etapa e tinha dificuldades para articular as jogadas ofensivas. Desta forma, o Vasco passou a crescer no campo de ataque e quase abriu o placar aos 30min, quando Carlos Alberto bateu de voleio na área e obrigou Jefferson a fazer uma bela defesa.

No entanto, o Botafogo conseguiu o gol do título aos 34min do segundo tempo. Seedorf tocou de calcanhar para Julio Cesar, que disparou pela esquerda e levantou na área; Bolívar dominou e ajeitou para trás. Da entrada da área, Lucas bateu rasteiro, colocado, tirando do alcance de Alessandro.

O Vasco ainda conseguiu colocar a bola antes do final do jogo, aos 36min, quando Fellipe Bastos cobrou falta com força, Jefferson não segurou e soltou o rebote no pé de Bernardo, que empurrou para dentro. A arbitragem, porém, sinalizou posição irregular do camisa 31. Aos 50min, Fellipe Bastos teve outra chance em bola parada, mas o goleiro botafoguense conseguiu espalmar e garantir a taça.

Com o título do primeiro turno, o Botafogo confirma presença na decisão do Carioca, inicialmente marcada para os dias 12 e 19 de maio. Além disso, a equipe comandada por Oswaldo de Oliveira aumenta o jejum do rival na Guanabara: o último título do Vasco foi há dez anos, em 2003.

Encerrada a Taça Guanabara, os clubes do Rio de Janeiro se preparam agora para a disputa da Taça Rio, o segundo turno do Estadual. A primeira rodada está marcada para o próximo final de semana: no sábado, o Botafogo enfrenta o Quissamã no Engenhão, às 18h30; já o Vasco entra em campo em São Januário no domingo, às 16h, contra o Volta Redonda.

Ficha técnica

VASCO 0 x 1 BOTAFOGO
Gol
BOTAFOGO:
Lucas, aos 34min do 2º tempo
VASCO: Alessandro; Nei, Dedé, Renato Silva e Thiago Feltri (Fellipe Bastos); Abuda, Wendel (Dakson), Pedro Ken, Bernardo (Romário) e Carlos Alberto; Éder Luís
Treinador: Gaúcho
BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Vitinho), Gabriel, Fellype Gabriel, Seedorf e Lodeiro (André Bahia); Rafael Marques (Bruno Mendes)
Treinador: Oswaldo Oliveira
Cartões amarelos
VASCO: Dedé, Thiago Feltri, Abuda, Wendel, Carlos Alberto, Éder Luís
BOTAFOGO: Marcelo Mattos, Seedorf
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhães
Local
Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.