Boca do Acre: Rio transborda e invade rua

Amazonianarede – Portal do Purus

Boca do Acre, AM – Apesar de ter ocorrido um pouco mais tarde do que no ano de 2012, a cena se repete um ano depois. Ao atingir a cota de transbordamento, que é de 18 metros, a cidade de Boca do Acre começou a ser invadida pelas águas do rio Purus.

O primeiro local a ser afetado foi a rua Beira Rio, no bairro Praia do Gado, a parte mais baixa da zona urbana, nas imediações do Clube do Branco.

O rios que margeiam Boca do Acre,que davam sinais de que não haveria situação de transbordo, surpreenderam com uma subida forte para essa época do ano. Ainda não foi registrado nenhum caso de pessoas que tiveram que deixar suas casas por causa da cheia.

Alguns moradores estão parcialmente ilhados, sendo possível sair de suas casas somente com o auxílio de uma canoa. Outros dispensam o auxílio da embarcação e caminham pelas águas a pé, atravessando o ponto que concentra o alagamento.

Não é só pela rua Beira Rio que as águas do Purus estão entrando na cidade. Outro ponto onde os residentes já enfrentam as dificuldades é na Descida da Praia.

Bar do Lago suspende festas

A cheia não perdoou nem o mais famoso point de Boca do Acre. O Bar do Lago está submerso inviabilizando a realização das festas dominicais que caíram tanto no gosto do bocacrense que estão se tornando tradição.

Entretanto, pelo menos neste domingo (24) ou pelo menos enquanto as águas não baixarem, os baladeiros terão que procurar outro local para a diversão.

Cota de transbordamento

No início da noite deste sábado (23), a régua oficial, posicionada em frente à Marinha do Brasil, marcava o nível das águas em 18m56cm. A tendência é que essa marca seja superada facilmente, uma vez que as previsões apontam para mais chuva no sudoeste amazonense.

Nos municípios vizinhos do estado do Acre, a situação é de alerta, principalmente na capital acreana, onde o nível alcançou 14m29cm na noite de ontem, sábado. As informações das cabeceiras dos rios Acre e Purus também não são animadoras, pois em Assis Brasil/Ac, na divisa com o Peru, o rio subiu assustadoramente rápido e já ameaça algumas partes da cidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.