Boa Vista: Prefeitura abre licitação, mas uma empresa já está com caminhões na Capital

Amazonianarede – Folha BV

Boa Vista – A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (PMDB), abriu processo de licitação, publicado no Diário Oficial do Município do dia 06 passado, para contratar a empresa que fará a coleta de lixo na cidade, além da manutenção do Aterro Sanitário.

As cartas com as propostas só serão abertas no próximo mês, dia 8. Mas a empresa paulista Sanepav já comprou 10 caminhões coletores de lixo, que ontem à tarde estavam estacionados atrás de uma concessionária de veículos, no bairro Centenário, na zona Oeste.

A Folha conseguiu fotografar os carros novos, que já foram adesivados na porta com a logomarca da Sanepav. O valor estimado para a prestação dos serviços de coleta de lixo na Capital pode alcançar R$ 36 milhões por ano. O edital de licitação especifica que a empresa vencedora será a que apresentar o menor preço.

A empresa vencedora também fará limpeza nas ruas, pintura de meio-fio, coleta e transporte de lixo doméstico, comercial e hospitalar, além de administrar o Aterro Sanitário, na BR-174, já apontado pela Polícia Federal e Ministério Público um local onde ocorrem vários crimes contra o meio ambiente.

A Sanepav Saneamento Ambiental Ltda foi contratada em janeiro passado pela PMBV para limpar a cidade em caráter de urgência. O contrato de faxina, por seis meses, custou R$12 milhões. Não houve abertura de licitação. A contratação foi feita pela Secretaria Municipal de Gestão Ambiental e Assuntos Indígenas.

A Sanepav já atua na Capital nos serviços de capina, varrição de ruas, limpeza dos canais de escoamento de águas pluviais e no recolhimento de entulhos e galhadas. Também poderá recolher o lixo domiciliar da cidade, caso ganhe a licitação. A sede da Sanepav fica em São Paulo, Sudeste do país, mas em Boa Vista a empresa se instalou na rua João Barbosa, atrás do Sesc do bairro Mecejana, na zona Oeste.

EMPRESA – A Folha foi ontem à tarde à sede da empresa, no bairro Mecejana, mas uma atendente, que não quis se identificar, informou que os dois dirigentes responsáveis não estavam. Ela não revelou o nome deles. Segundo a atendente, um diretor estaria viajando e o outro estaria na Capital, mas não na empresa naquele momento.

A Folha adiantou o assunto e deixou com a atendente o contato telefônico da equipe de reportagem. Antes de finalizar a matéria, às 17h, a Folha voltou ao local para pegar o número do celular dos diretores ou o e-mail da empresa, mas a mesma atendente disse que não estava autorizada a fornecer os contatos.

A atendente apenas orientou a equipe de reportagem a obter as informações pelo site da empresa: www.sanepav.com. Ela disse que já havia entrado em contato com um dos diretores e falado sobre o assunto. A Folha mandou e-mail à empresa ontem à tarde, mas não houve retorno até o encerramento da matéria, às 18h.

A Folha também enviou e-mail na tarde de ontem à Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Boa Vista, solicitando mais informações sobre o referido processo de licitação, mas até o encerramento da matéria não houve retorno. (AJ)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.